11 C
Munique
10.3 C
Porto
CulturaLousada acolhe o coletivo musical no próximo sábado

Lousada acolhe o coletivo musical no próximo sábado

Relacionados

Penafiel – Apreensão de combustível

O Comando Territorial do Porto, através do Posto Territorial de São Vicente, ontem, dia 16 de maio, apreendeu 150 litros de combustível, no concelho...

Paredes – Detidos em flagrante

No âmbito de uma denúncia a informar que um estabelecimento de restauração e bebidas, na localidade de Lordelo, estaria a ser alvo de um...

Paços de Ferreira – Rescisão de contrato

Esta manhã, em conferência de imprensa, Humberto Brito, anunciou que vai intentar ação judicial de rescisão do contrato de concessão da água e saneamento...

O projeto Filarmonia (Re)visitada regressa em fevereiro aos palcos do Tâmega e Sousa.

A sala de visitas do espetáculo será o Auditório da Escola Secundária de Lousada, que às 21h30 do próximo sábado, dia 12 de fevereiro, acolherá, todos quantos queiram apreciar o desempenho deste agrupamento melódico dirigido pelo maestro Osvaldo Ferreira. O acesso ao concerto, tal como em todas as iniciativas do Inventa, é gratuito.

São quase trinta músicos do Douro, Tâmega e Sousa que constituem a Filarmonia (Re)visitada foram selecionados pelo maestro e têm vindo a desfrutar da oportunidade de se poderem afirmar em cinco palcos distintos – Resende, Cinfães, Paços de Ferreira, Lousada e Penafiel, concertos esses que em alguns casos já decorreram em Lousada.

A 19 de fevereiro, a Casa do Xiné – Centro Cultural, em Quintandona, Lagares, Penafiel, acolherá, às 19h00, mais um concerto da Filarmonia (Re)visitada, também dirigido pelo maestro Osvaldo Ferreira. O périplo do projeto termina a 26 de fevereiro, com um concerto às 21h30, na Biblioteca Municipal Professor Vieira Dinis, Paços de Ferreira, desta feita conduzido pelo maestro Francisco Ferreira, que dirigiu os concertos realizados em Cinfães e Resende.

O festival Inventa contempla ainda em 2022: o Ciclo de Circo Contemporâneo no Património, a decorrer em março, o Ciclo de Performance Visual Musicada, em abril, e ainda o Projeto Comunitário Intermunicipal: A Festa, em maio.

O projeto Inventa desenvolve-se numa área geográfica correspondente a 14 municípios, potenciando o desenvolvimento de uma rede de programação ampla, dispersa e inclusiva, num território com uma população de aproximadamente 543.000 habitantes que inclui os seguintes concelhos: Amarante, Baião, Cabeceiras de Basto, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Mondim de Basto, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende.

O Inventa é um projeto promovido no âmbito da operação Cultura em Rede – Tâmega e Sousa, sendo cofinanciado pelo NORTE 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido