3.9 C
Munique
12.9 C
Porto
Destaque- Comunicado - PSD Paredes

– Comunicado – PSD Paredes

Relacionados

Valongo aprova o maior orçamento de sempre

A proposta de Orçamento e Grandes Opções do Plano da Câmara Municipal de Valongo para o ano 2024 tem o montante total de 114.930.000€,...

Força Aérea recebe primeiros meios aéreos para combate a incêndios

A Força Aérea conta, conta a partir do dia 22, com quatro novos helicópteros que vão estar dedicados à missão de combate aos incêndios...

Lousada – Detido por falsificação de matrícula

O Comando Territorial do Porto, através do Posto Territorial de Lousada, no dia 20 de novembro, deteve um homem de 65 anos, por falsificação e adulteração...

– Comunicado –

“Dívida do Município de Paredes aumentou 10 milhões em 6 anos e o Passivo Total é de cerca 200 milhões!

O PSD Paredes vem por este meio manifestar novamente a sua preocupação com a situação financeira do Município de Paredes, com uma Dívida Total do Município de 56 milhões de euros (em 2016 não chegava a 46 milhões, o que representa um aumento superior a 20%) e um Passivo Total de 200 milhões de euros.

A Receita, que em grande parte são impostos pagos pelos paredenses praticamente duplicou em apenas 5 anos. Era de 41 milhões de euros em 2017 e passou para 79 milhões de euros em 2022. Essa receita também advém da venda de Bens duradouros (Património do Município): 570 milhões em 2022.

E se os números dito assim já demonstram alguma gravidade, analisando o Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses que compara a situação financeira dos diversos municípios nacionais, vemos que o cenário é aterrador.

Num total de 308 municípios, Paredes é:

  • O que mais aumentou as receitas cobradas em 2022 (mais de 53% face a 2021).
  • O 3º com maior volume de Passivos Financeiros;
  • O que em 2022 mais agravou a Dívida Pública Nacional (foram mais de 21 milhões de euros);
  • O que tem a maior diferença negativa entre o valor da amortização de empréstimos e o valor de novos empréstimos.
  • O 23º nos juros e encargos financeiros pagos;
  • O 18º na diferença entre a execução da receita e da despesa;
  • O 9º Maior Passivo Exigível (em 2022 foi o que aumentou mais de entre todos os municípios);
  • O 21º Prazo Médio de Pagamentos mais elevado (apesar de todo este endividamento bancário);
  • O 13º do ranking com Menores Resultados Económicos Líquidos;

Se há seis anos diziam que a dívida do Município de Paredes era grande, o que dizer agora que aumentou 10 milhões de euros, cobrando impostos como nunca!

Se dúvidas houvesse: o socialismo empobrece!

Ricardo Sousa

Presidente da CPS do PSD Paredes”

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -