O Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol indeferiu o protesto apresentado pelo FC Paços de Ferreira para que o Santa Clara fosse punido com pena de derrota. Em causa estiveram as marcações das linhas do campo que levou ao adiamento do jogo.

Não foram validados os argumentos apresentados pelo FC Paços de Ferreira para que a Federação Portuguesa de Futebol punisse o Santa Clara com pena de derrota. Em causa esteve o adiamento do jogo entre as duas equipas, aquando a visita dos castores aos Açores, devido à invisibilidade das linhas do campo. O protesto foi indeferido por não ser considerado o meio processual adequado para a eventual aplicação da pena de derrota ao Santa Clara. Os membros do Conselho de Justiça referiram que só o processo disciplinar em curso na Comissão de Instrução e Inquéritos da Liga é que poderá validar a pretensão do Paços.

Pin It