A 54.ª Feira da Capital do Móvel vai realizar-se entre os dias 1 e 10 de maio, na cidade da Batalha. Depois da aposta na Alfândega do Porto, agora segue na zona centro do país.

A política de descentralização das feiras do mobiliário organizadas pela Associação Empresarial de Paços de Ferreira vai ter um novo itinerário na 54.ª edição. O centro de promoção e negócios será feito no Exposalão, na cidade da Batalha, entre os dias 1 e 10 de maio, com o objetivo de atingir mercados nas regiões de Aveiro, Coimbra, Castelo Branco, Leiria e de Lisboa. “Com provas dadas do contínuo aumento do volume de negócios gerado pelo certame, esta é a oportunidade de chegar a um público diferenciado e, assim, reforçar e disseminar a Marca Capital do Móvel em diferentes territórios do nosso país. Pretendemos, também, atrair pessoas, a deslocarem-se a Paços de Ferreira, para comprar o que de melhor se produz na região”, explicou a AEPF, no seu site oficial.

A organização acrescenta que, com a descentralização dos certames, estão a “abrir janelas de oportunidade a novos negócios e, também, uma maior expansão dos nossos empresários que, ao contrário de estagnação, ambicionam crescimento, maior abrangência de públicos e desejo de crescimento das suas marcas. Promovemos a Capital do Móvel criando meios para que muitas pessoas conheçam de forma mais próxima o nosso mobiliário, considerado um dos melhores do mundo”.

Recorde-se que uma das edições de 2019 realizou-se na Alfândega do Porto.

Pin It

Publicidade (4)

Mais Lidas