Ao longo do ano vários são os dias em que se comemoram acontecimentos e efemérides. Também muitos são os dedicados às condições humana, terrena e astral. Aos saberes, às competências e às causas. As várias celebrações têm sido sugestão para a elaboração de textos. Logo o primeiro que se segue sem mote mas com vários destinos. Outros virão depois com sentidos e propósitos bem definidos.

 

Dia de ...¹

Será que havemos sempre de ter um dia para tudo?

Dia para nascer, outro para morrer, esses sim são certeza.

Mas porquê um dia para o coração, outro para a mãe,

um outro para o pai e para a criança ainda.

E porque não um para a pureza?

Do amor vivenciado no quotidiano, mesmo na aparente solidão

da presença feita silêncio e ausência. Mas alma cheia de bondade

de querer lutar a renovar juras, crença e vontade,

desejando transformar angústias da profunda imensidão.

E porque não todos os dias procura de felicidade?

Procura de felicidade da qual emergem novas energias

reforçando laços de afeto nos gestos anónimos de sentido.

Mas protagonistas de calor, força e sensualidade

Que, inconscientemente, transmitimos feitas elegias.

E porque não dias todos feitos de liberdade?

Liberdade em percorrer novos caminhos de entrega.

Corpo, mente, razão e emoção, força e fraqueza.

Mesmo que fique a imagem de imensa refrega

que esgota energia e nos faça ficar numa longa moleza. 

E porque não todos de amor?

De amor feito de formas indescritíveis

de versões mudas, invisíveis e sem sentido.

Mas plenas de provas bem visíveis

que sentimento assim sempre queremos vivido

¹ Cristóvão Sá-πmenta 

 

O mês de março e em particular o dia 21 é prenhe de celebrações. O Equinócio de Março determina o início da Primavera. Este ano, o Rei Sol determinou que a Primavera “entrou” a 20.

 

Quando vier a Primavera²

Se eu já estiver morto,
As flores florirão da mesma maneira
E as árvores não serão menos verdes que na Primavera passada.
A realidade não precisa de mim.

Sinto uma alegria enorme
Ao pensar que a minha morte não tem importância nenhuma

Se soubesse que amanhã morria
E a Primavera era depois de amanhã,
Morreria contente, porque ela era depois de amanhã.
Se esse é o seu tempo, quando havia ela de vir senão no seu tempo?
Gosto que tudo seja real e que tudo esteja certo;
E gosto porque assim seria, mesmo que eu não gostasse.
Por isso, se morrer agora, morro contente,
Porque tudo é real e tudo está certo.

Podem rezar latim sobre o meu caixão, se quiserem.
Se quiserem, podem dançar e cantar à roda dele.
Não tenho preferências para quando já não puder ter preferências.
O que for, quando for, é que será o que é.

²Alberto Caeiro

 

Agora³

Abre-te, Primavera!
Tenho um poema à espera
Do teu sorriso.
Um poema indeciso
Entre a coragem e a covardia.
Um poema de lírica alegria
Refreada,

E ser antecipada.
Dantes, nascias
Quando eu te anunciava.
Cantava,
E no meu canto acontecias
Como o tempo depois te confirmava.
Cada verso era a flor que prometias
No futuro sonhado…
Agora, a lei é outra: principias,
E só então eu canto confiado.

³Miguel Torga

 

O Dia Mundial da Poesia ocorre sempre a 21 de março. Criado na XXX Conferência Geral da UNESCO, em 16 de novembro, de 1999. O propósito deste dia é promover a leitura, escrita, publicação e ensino da poesia através do mundo.

 

Os poemas são pássaros que chegam⁴

não se sabe de onde e pousam
no livro que lês.
Quando fechas o livro, eles alçam vôo
como de um alçapão.
Eles não têm pouso
nem porto;
alimentam-se um instante em cada
par de mãos e partem.
E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
no maravilhado espanto de saberes
que o alimento deles já estava em ti...

Mário Quintana

 

A poesia vai acabar⁵  

A poesia vai acabar, os poetas 
vão ser colocados em lugares mais úteis. 
Por exemplo, observadores de pássaros 
(enquanto os pássaros não 
acabarem). Esta certeza tive-a hoje ao 
entrar numa repartição pública. 
Um senhor míope atendia devagar 
ao balcão; eu perguntei: "Que fez algum 
poeta por este senhor?" E a pergunta 
afligiu-me tanto por dentro e por 
fora da cabeça que tive que voltar a ler 
toda a poesia desde o princípio do mundo. 
Uma pergunta numa cabeça. 
Como uma coroa de espinhos: 
estão todos a ver onde o autor quer chegar?

⁵Manuel António Pina

 

A vida da poesia⁶ 

Hoje sei como se exprime a vida da poesia 
com a sinceridade das emoções linguísticas 
com que o mundo devasta e enche as nossas vidas 

Aprendi a clareza das imagens fictícias 
recolhidas na luz do corpo nu e vivo 
entre os golpes orais errante desferidos.

Gastão Cruz 

 

A celebração do Dia Mundial da Árvore ou da Floresta começou a 10 de Abril de 1872, em Nebraska City, Estados Unidos da América. O seu mentor foi o jornalista Julius Sterling Morton, Secretário da Agricultura do presidente Grover Cleveland, que incentivou a plantação de árvores no Nebraska, promovendo o "Arbor Day". Presentemente, a comemoração é também em 21 deste mês.

 

Árvore, cujo pomo bello e brando⁷

Árvore, cujo pomo bello e brando

Natureza de leite e sangue pinta,
Onde a pureza, de vergonha tinta,
Está virgineas faces imitando;

Nunca do vento a ira, que arrancando
Os troncos vai, o teu injúria sinta;
Nem por malícia de ar te seja extinta
A côr que está teu fructo debuxando.

E pois emprestas doce e idoneo abrigo
A meu contentamento, e favoreces
Com teu suave cheiro a minha gloria;

Se eu não te celebrar como mereces,
Cantando-te, se quer farei comtigo
Doce nos casos tristes a memoria.

⁷Luis Vaz de Camões

 

Plantar uma Floresta⁸

Quem planta uma floresta
Planta uma festa.

Planta a música e os ninhos,
Faz saltar os coelhinhos.

Planta o verde vertical,
Verte o verde,
Vário verde vegetal.

Planta o perfume
Das seivas e flores,
Solta borboletas de todas as cores.

Planta abelhas, planta pinhões
E os piqueniques das excursões.

Planta a cama mais a mesa.
Planta o calor da lareira acesa.
Planta a folha de papel,
A girafa do carrocel.

Planta barcos para navegar,
E a floresta flutua no mar.
Planta carroças para rodar,
Muito a floresta vai transportar.
Planta bancos de avenida,
Descansa a floresta de tanta corrida.

Planta um pião
Na mão de uma criança:
A floresta ri, rodopia e avança.
Luísa Ducla Soares

 

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), a fim de conscientizar pais, responsáveis e governantes sobre a importância de garantir uma boa formação social, educacional e de valores para as crianças, decretou 21 de março como Dia Mundial da Infância.  A data celebra e garante os direitos fundamentais das crianças, para que, no futuro, se tornem grandes cidadãos. 

 

Algumas Proposições com Crianças⁹

A criança está completamente imersa na infância
a criança não sabe que há-de fazer da infância
a criança coincide com a infância
a criança deixa-se invadir pela infância como pelo sono
deixa cair a cabeça e voga na infância
a criança mergulha na infância como no mar
a infância é o elemento da criança como a água
é o elemento próprio do peixe
a criança não sabe que pertence à terra
a sabedoria da criança é não saber que morre
a criança morre na adolescência
Se foste criança diz-me a cor do teu país
Eu te digo que o meu era da cor do bibe
e tinha o tamanho de um pau de giz
Naquele tempo tudo acontecia pela primeira vez
Ainda hoje trago os cheiros no nariz
Senhor que a minha vida seja permitir a infância
embora nunca mais eu saiba como ela se diz

Ruy Belo

 

Menino e Moço ¹º

Tombou da haste a flor da minha infancia alada,
Murchou na jarra de oiro o pudico jasmim:
Voou aos altos céus Sta Aguia, linda fada,
Que d'antes estendia as azas sobre mim.

Julguei que fosse eterna a luz d'essa alvorada,
E que era sempre dia, e nunca tinha fim
Essa vizão de luar que vivia encantada,
N'um castello de prata embutido a marfim!

Mas, hoje, as aguias de oiro, aguias da minha infancia,
Que me enchiam de lua o coração, outrora,
Partiram e no céu evolam-se, a distancia!

Debalde clamo e choro, erguendo aos céus meus ais:
Voltam na aza do vento os ais que a alma chora;
Ellas, porém, Senhor! ellas não voltam mais...

¹ºAntónio Nobre


Todos estes dias comemorativos são impressivos, mas, nos dias de hoje têm especial significado o Dia Internacional Contra a Discriminação Racial. Foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e celebra-se a 21 de março, em referência ao Massacre de Sharpeville. Em 21 de março de 1960, em Joanesburgo, na África do Sul, 20.000 pessoas faziam um protesto contra a Lei do Passe, que obrigava a população negra a trazer consigo um cartão que continha os locais onde era permitida a sua circulação. Porém, e mesmo tratando-se de uma manifestação pacífica, a polícia do regime de apartheid abriu fogo sobre a multidão desarmada, fazendo 69 mortos e 186 feridos.

¹¹Fonte: Wikipédia

 

Rasgue a exclusão¹²
Rasgue a discriminação
Rasgue o racismo
Rasgue o preconceito
Temos o direito de ser iguais quando a diferença nos inferioriza
Temos o direito de ser diferentes quando a igualdade nos descaracteriza

¹²Heduardo Kiesse

 

Racismo é algo que não aparece... mas é visto.¹³
É algo que não está escrito... mas é lido
É algo que não é gritado... mas é ouvido.
É algo que não é tocado...mas é sentido...
É algo que não é dor... mas é doído.
É algo que apenas
quem viu,
leu, ouviu
e sentiu,
sabe dizer o que
é!

¹³Edenice Fraga

 

Lágrima de preta ¹⁴

Encontrei uma preta

que estava a chorar,

pedi-lhe uma lágrima

para a analisar.

 

Recolhi a lágrima

com todo o cuidado

num tubo de ensaio

bem esterilizado.

 

Olhei-a de um lado,

do outro e de frente:

tinha um ar de gota

muito transparente.

 

Mandei vir os ácidos,

as bases e os sais,

as drogas usadas

em casos que tais.

 

Ensaiei a frio,

experimentei ao lume,

de todas as vezes

deu-me o que é costume:

 

Nem sinais de negro,

nem vestígios de ódio.

Água (quase tudo)

e cloreto de sódio.

¹⁴António Gedeão

 

Este é também Dia Internacional da Síndrome de Down¹⁵ proposto pela Down Syndrom International, porque esta data se escreve como 21/3 (ou 3-21), o que faz alusão à trissomia 21. A primeira celebração do dia teve lugar em 2006 e foi adotada pela Organização das Nações Unidas no seu calendário oficial, sendo comemorada todos os anos em cerca de 193 países.

O objetivo da comemoração é dar voz às pessoas que vivem com a síndrome de Down, combatendo a desinformação e o preconceito com a síndrome. A data serve para destacar que a Síndrome de Down não é uma doença, mas sim uma condição genética, e que ela não impede a vida social normal da pessoa.

¹⁵ Fonte: Calendarr

 

Seguem-se citações extraídas de Mensagens com amor:

 

Riso

Você já reparou como quem tem Síndrome de Down está sempre sorridente? É porque eles sabem a beleza e a felicidade de ser quem são. Sorria para eles também!

 

Ninguém aqui é doente!

Quem tem Síndrome de Down não tem uma doença, eles têm apenas um atraso intelectual. Com um pouco de carinho e uma dose de amor e atenção, eles podem ser mais inteligentes do que qualquer um de nós, afinal, sensibilidade para isso eles já têm de sobra!

 

Oportunidade de aprendizado

Se alguém com Síndrome de Down cruzar o seu caminho nessa vida, aproveite a oportunidade de aprender um pouco mais com alguém cheio de sabedoria. Às vezes, nós só precisamos que o diferente nos ensine como é simples viver!

 

Amor verdadeiro

O amor verdadeiro jamais perderá tempo contando cromossomos. Quem têm Síndrome de Down, antes de qualquer coisa, são pessoas como todos nós, que buscam amor, felicidade e compreensão!

 

 

Cristóvão Sá-πmenta

 

Pin It