Alexandre Almeida continua muito distraído, e, como tal parece que ainda não se apercebeu que Paredes é dos concelhos que menos apoia os animais abandonados, animais estes que todos nós vemos diariamente, por aí, nas diversas ruas do concelho, sem dono, sem alimentação, sem um teto, completamente magros, esqueléticos, cheios de doenças e a reproduzirem-se sem qualquer controlo; isto para não falar que muitos estão a ser apanhados por armadilhas usadas tipicamente para a caça ao javali com ainda agora voltou a acontecer em Aguiar de Sousa. Quando é que isto vai acabar? O que vale é aquela tão boa gente que acompanha estes animais e lhes presta socorro. Mas isto não deveria ser uma preocupação e cuidado do município? Não deveria ser uma preocupação de Alexandre Almeida? Basta ver a filosofia que outros municípios estão a adotar no que diz respeito a este ponto e perceber qual o atraso em que Alexandre Almeida está. Será de propósito? O que é feito aos animais que vão para o canil municipal? Porque é que alguns são lá deixados numa semana, na semana seguinte vai la alguém para adotar precisamente aquele cão pois quem lá o foi entregar teve o cuidado de continuar a procurar um dono para o animal que, entretanto, desapareceu e ninguém está a par de nada? O que sabe Alexandre Almeida sobre isto? Estará a fechar os olhos a quê? Porquê?

Porque será que Alexandre Almeida anda assim tão, mas tao distraído? Porque anda assim tão desfasado da realidade do concelho de Paredes?! Estará assim tão, mas tão preocupado em realizar obras desnecessárias, não urgentes, que estão a ser feitas em muito pouco tempo, e, são muito caras, pagas por todos os munícipes, a título de campanha eleitoral?!

Bem, com isto, acabei de me lembrar do que se passa no Facebook da Câmara Municipal de Paredes. Também já lhe aconteceu escrever um comentário, educado e com respeito, mas não favorável a esta gestão de Alexandre Almeida e o seu comentário foi apagado ou você já foi bloqueado da página do município? Quem é que estará a usar a página do Facebook da Câmara Municipal de Paredes, que como tal, é de todos os munícipes, para proveito próprio?

Voltando agora às obras desnorteadas de Alexandre Almeida, convido todos a irem ao Parque de lazer da vila de Cete, ou, a falar com quem conhece e como tal já desde a sua construção tem reparado nos lamentáveis erros daquela obra, ou, acompanhado desde a sua construção, para saberem que estas últimas chuvadas que aconteceram já faz varias semanas inundaram aquele parque, destruíram os percursos,  destruíram a zona do parque infantil, desnivelaram o terreno, criaram buracos e o solo seco resultante da lama que se criou, e, ainda nada foi feito. Será este um bom exemplo do que é uma obra à Alexandre Almeida? Acho que sabemos que sim. Se calhar vai fazer como faz com a pandemia, em que descarta toda a responsabilidade da sua parte. Afinal, Alexandre Almeida não tem culpa daquilo que o São Pedro decide fazer lá em cima.

Já pela zona da cidade de Paredes, parece que o Presidente da Junta de Freguesia também anda distraído. Ora, agora até há fontanários sem manutenção alguma, sem limpeza alguma… estará o centro da cidade ao abandono? Há zonas da união de freguesias de Paredes em que é claro o abandono pois até o lixo anda nos passeios e as ervas não são cortadas. Não é isto o que se quer para a união de freguesias de Paredes!

Astromil também está ao rubro, infelizmente, pelos piores motivos. Então o Presidente da Junta da freguesia de Astromil, aconselhado pelo “Vereador plagiador”, e, todos ainda se devem recordar desta história toda do plágio feito por este Vereador, alguém que está à frente do pelouro da educação, leva a plena Assembleia de Freguesia um ponto para votação e aprovação, que como podem perceber, é decisivo pois é votado e aprovado, sem qualquer protocolo prévio apresentado? ou seja, o Presidente da Junta de Freguesia leva pontos a votação e aprovação sem apresentar a quem vai votar no ponto dados concretos sobre a situação, nomeadamente, prazos, quem está envolvido, como, onde, porquê... Bem… será que querem apenas ver o ponto aprovado para posteriormente se fazer aquilo que alguém bem entender? Assim não! É preciso muito mais que apenas um título de um ponto para votar e aprovar, é, necessário conteúdo.

Por hoje já me alonguei bastante, mas olhe que ainda tenho várias notas que gostaria de lhe dar conhecer, vários pontos que gostaria de partilhar consigo... por isso mesmo, estarei aqui na próxima semana, para mais uma crónica de opinião. Até aconselho a que se vá procurando informar sobre todas estas peripécias que lhe estou a contar pois com certeza que chegará às mesmas conclusões que eu.

 

Cristiana Seabra

Pin It