O “Watergate” foi um escândalo político ligado à corrupção que ocorreu nos Estados Unidos da América em 1974, no qual se comprovou que o então presidente Richard Nixon, do Partido Republicano, estava envolvido numa ação criminosa contra a sede do Comité Nacional Democrata e que culminou com a sua renúncia à presidência.

Foi já há quase dois anos, em novembro de 2018 que o ministro Eduardo Cabrita, no decorrer da cerimónia do 90º aniversário dos Bombeiros Voluntários de Baltar anunciou o que alguns sabiam e muitos suspeitavam: nesse ano, de 2018, Paredes fora o município com o maior número de incêndios no país. Nada mais nada menos do que 337 ocorrências que, apesar de tudo, dizia então o senhor ministro, originaram uma “área ardida quase irrisória”.

Estava curioso para ver as contas do Município de Paredes, que mais uma vez apresenta a redução do passivo de 15 milhões de como o resultado das proezas de uma gestão autárquica estratosférica!