No Reino Unido, país onde já começaram a administrar as vacinas contra a Covid-19, a população já conta com dois casos de reação alérgica à vacina.

O aviso surgiu a partir de dois trabalhadores pertencentes ao serviço nacional de saúde britânico que começarem a experienciar reações alérgicas após a toma da vacina da Pfizer e BioNTech. Por essa razão, já se coloca em causa a toma da vacina para aqueles que sofrem de reações alérgicas “significativas”.

O canal de televisão britânico “Sky News” adianta que o diretor médico, Stephen Powis, pertencente ao National Health Service (NHS), serviço de saúde equivalente ao Serviço Nacional de Saúde de Portugal, avisou que as “pessoas com histórico significativo de reações alérgicas não recebem esta vacina depois de duas pessoas com histórico de reações alérgicas significativas responderem negativamente”. Assim, e de acordo com o NHS, os elementos envolvidos no programa de vacinação já foram informados da situação corrente.

O Reino Unido foi o primeiro país do Mundo a aprovar clinicamente a vacina contra a Covid-19, quer da Pfizer, quer da BioNTech, ambas com uma eficácia de 95%. A vacinação da população, que se iniciou esta terça-feira em 70 hospitais do país, conta com um grupo de pessoas que inclui pessoas com mais de 80 anos, profissionais de saúde que trabalham na linha da frente e equipas de lares de idosos.

Pin It

Publicidade (4)

Mais Lidas