Juan Guaidó entregou o pedido para decretar estado de emergência nacional na Venezuela.

O autoproclamado presidente interino daquele país da América Latina utilizou a sua conta oficial do Twitter para justificar a medida, que surge no momento em que a Venezuela está sem eletricidade pública há alguns dias, entrando em estado de calamidade. "Cumprindo com as minhas competências constitucionais como Presidente, enviei à Assembleia Nacional a solicitação para que se decrete o estado de emergência em todo o território nacional devido à tragédia que se vive no país por causa do apagão nacional continuado", escreveu Guaidó. Esta medida está, segundo o autoproclamado presidente interino, em conformidade com o artigo 338º da Constituição venezuelana.

Pin It