Um homem de 43 anos foi detido pela Polícia Judiciária por crimes de abuso sexual contra a própria filha. A criança, agora com 13 anos, é vítima de abusos desde os 6 anos. 

A Polícia Judiciária deteve um homem, de 43 anos, por estar fortemente indiciado de crimes de abuso sexual contra a própria filha. Os abusos terão começado quando a vítima tinha apenas 6 anos, assim como outra criança da família, que tinha a mesma idade, e terá também sido violada.

A investigação apurou ainda que o homem praticou os mesmos crimes de abuso sexual contra a filha, agora com 13 anos, entre setembro de 2018 e março de 2019. O suspeito aproveitava-se dos períodos em que pernoitava com a filha para praticar os crimes.

O homem é programador informático e a Polícia Judiciária não revelou a localidade de residência.

Presente a primeiro interrogatório judicial, foi aplicada ao detido a medida de coação de prisão preventiva.

Pin It

Publicidade (4)