A Igreja Católica admite suspender as celebrações no Natal, em função do descontrolo da pandemia. O cancelamento da tradicional Missa do Galo poderá ser uma das medidas a adotar.

O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) referiu que “não brincamos com a saúde das pessoas. E tudo o que seja necessário para proteger a vida nós fazemos". D. José Ornelas abordou o tema na conferência de imprensa de encerramento da Assembleia Plenária da CEP, que decorreu em Fátima, sublinhando que a Igreja Católica se “tem empenhado em fazer cumprir escrupulosamente as normas emanadas pela Direção-Geral da Saúde” e considera "não haver mal nenhum” suspender as celebrações e festividades natalícias para que “tenhamos outros natais". Ainda assim, entende que "é mais fácil ser contagiado num supermercado ou num restaurante, do que numa igreja".

Pin It

Publicidade (4)

Mais Lidas