De forma a apoiar o regime de ensino não presencial, o Governo disponibilizou vários materiais para guiar os professores nas aulas online

Com formas de organização previstas desde o início de julho de 2020, o regime não presencial está em vigor. As medidas foram produzidas desde março de 2020, início da pandemia, até ao primeiro período do ano letivo 2020/2021, tendo sido produzidas não só medidas, como também recursos de apoio às escolas, disponíveis e em constante atualização no site da Direção-Geral da Educação, “traduzindo-se em números muito relevantes”, refere o Governo em nota.

Além da disponibilização da legislação produzida, encontram-se, na página:

- 51 roteiros de apoio à preparação dos vários regimes;

- 14 instrumentos de apoio à avaliação;

- 26 recursos de apoio à cibersegurança;

- Mais de 250 recursos didáticos digitais;

- 85 ferramentas de interação e comunicação;

- 2990 blocos de conteúdos para o #EstudoEmCasa;

- Mais de 700 perguntas respondidas e FAQs geradas;

- 65 atividades de formação com mais de 60 mil professores envolvidos;

- 67 partilhas de práticas

- 30 apoios para melhores recursos;

De acordo com o Governo, estas medidas foram desenvolvidas no âmbito do ensino à distância, estando agora disponíveis para consulta e utilização. A par destes apoios, é assegurado que as escolas darão as respostas necessárias aos alunos para quem o ensino à distância não é eficaz.

 

pub

 

Pin It

Publicidade (4)

Mais Lidas