Foram realizados, numa primeira fase, 65 mil testes com uma taxa de positividade de 0,15%

No passada terça-feira arrancou a segunda fase do processo de testagem à Covid-19 nos estabelecimentos e ensino do Ministério da Educação. De acordo com o Governo, até ao momento, foram realizados “82 mil testes a trabalhadores docentes e não docentes dos setores público e privado que já iniciaram as atividades presenciais, nomeadamente da Educação Pré-Escolar e do 1º ciclo”.

Os testes realizados incluíram os profissionais da “Escola a Tempo Inteiro”, ou seja, as Atividades de Animação e de Apoio à Família na Educação Pré-Escolar, Atividades de Enriquecimento Curricular e Componente de Apoio à Família no 1º ciclo do Ensino Básico, que o Ministério da Educação também decidiu incluir neste processo.

A taxa de positividade aos testes foi inferior a 0,1%, registando-se 80 casos positivos nos testes realizados em todo o país. Este processo iniciou-se a 20 de janeiro, ainda em registo de ensino presencial, mantendo-se no período de ensino à distância em escolas de acolhimento.

Numa primeira fase realizaram-se mais de 65 mil testes com uma taxa de positividade de 0,15%. O processo de testagem em contexto escolar continua, de acordo com a já conhecida orientação da Direção-Geral de Saúde, Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares e Instituto de Segurança Social.

Os testes realizados em ambiente escolar envolvem todos os profissionais da Educação, bem como os alunos do ensino secundário.

 

pub

Pin It

Publicidade (4)

Mais Lidas

  • Semana

  • Mês

  • Todas