José Manuel Ribeiro criticou a Federação Distrital do PS Porto por não tomar uma posição sobre a decisão da TAP em reduzir substancialmente a frota de aviões a partir do Porto, comparativamente com Lisboa.

O presidente da Câmara Municipal de Valongo, e candidato à Federação Distrital do PS Porto, considera que a tomada de posição da companhia aérea “desvaloriza a importância estratégica do Aeroporto do Porto e afeta dessa forma os interesses sócio-económicos da principal região exportadora do País”, criticando depois a posição da Federação Distrital do PS Porto  porque “não foi capaz de agregar as restantes federações da região (Braga, Viana do Castelo, Bragança, Vila Real e Aveiro) para uma tomada de posição conjunta”.

As críticas aumentam de tom quando acrescenta que “ninguém compreende o silêncio ensurdecedor e a falta de iniciativa política da maior federação do país do PS, tanto mais que todas as forças políticas nacionais tomaram posição sobre o assunto, designadamente as federações do PSD”.

José Manuel Ribeiro mostrou-se ainda disponível para colaborar com Manuel Pizarro, atual presidente da Federação Distrital do Porto para “a urgente promoção de um encontro com todas as Federações do PS na Região Norte, em conjunto com todas os autarcas do PS e de todos os Presidentes das concelhias, para que possamos fazer uma reflexão e tomada de posição conjunta sobre o modo de encarar a crise e os desafios imediatos e estratégicos que a nossa Região terá que enfrentar nos próximos tempos, bem como acertar posições sobre as oportunidades, designadamente ao nível dos financiamentos comunitários”.

Pin It