O PSD de Paços de Ferreira pretende que seja protocolado com todas as juntas de freguesia do concelho o transporte escolar para os alunos do ensino básico, assim como alargar a extensão a todas as crianças e jovens que residam até 1,5 quilómetros do estabelecimento de ensino.

O PSD Paços de Ferreira defende a “equidade” dos transportes escolares para os alunos residentes no concelho e, nesse sentido, pretende que sejam introduzidas duas medidas:

“Seja protocolado com todas as Juntas de Freguesia o transporte escolar do Ensino Básico, garantindo assim a igualdade do serviço para todas as crianças do concelho; Deve o município alargar a competência que lhe confere o Decreto-Lei nº 84/2019 de 28 de Junho, para todos os alunos que residam a 1,5km ou mais do estabelecimento de ensino. Não podemos aceitar que, por exemplo, uma criança de 6 anos só tenha transporte a partir dos 3km e quando, por exemplo, uma de 12 anos, tem transporte garantido a partir dos 2km”, explicaram os sociais-democratas, em comunicado.

O PSD Paços de Ferreira entende que “as decisões políticas devem ter como premissas essenciais valores como a melhoria efetiva da qualidade de vida da nossa comunidade, a igualdade de oportunidades e, sobretudo, garantir a equidade na nossa sociedade. Defendemos que todas as crianças do concelho tenham acesso ao transporte escolar. A disponibilização desse serviço, além de gratuito, deve chegar a mais crianças e a todas as freguesias”.

A justificação para a aplicação das medidas sugeridas vai no sentido de que “neste momento, somente algumas freguesias têm protocolado com o município o transporte escolar. Na Assembleia Municipal de dia 29 de setembro, foram aprovados seis protocolos de colaboração entre o município e as juntas de freguesia. No momento da votação, o PSD fez notar que naquele momento deveríamos estar a aprovar um protocolo mais alargado, que permitisse que na realidade a promessa anunciada fosse efetivamente cumprida e que todas as crianças tivessem acesso ao transporte escolar gratuito. Foi sendo dito pela maioria socialista na Câmara Municipal que o transporte escolar seria gratuito para todos os alunos do nosso concelho, contudo, as decisões políticas não conferem com o que é anunciado”, acrescentou.

Pin It

Mais Lidas