Paulo Sérgio Barbosa suspendeu o mandato de vereador na Câmara Municipal de Paços de Ferreira por questões de “saúde e fadiga”, mas diz-se disponível para regressar à vida política “sempre que precisarem de mim”.

Paulo Sérgio Barbosa pediu a suspensão do mandato de vereador na Câmara Municipal de Paços de Ferreira no início de março e as suas funções cessaram esta sexta-feira, conforme anunciou o presidente da Câmara, Humberto Brito. “Foi uma honra enorme ter trabalhado estes seis anos em nome do concelho, sempre com o maior empenho”, referiu Paulo Sérgio Barbosa ao EMISSOR, pretendendo agora “um bocado de paz na minha vida". “Saio de consciência tranquila e disponível para regressar sempre que precisarem de mim”, acrescentou, garantindo que sempre esteve empenhado na causa pública a “100 por cento”, mas que “questões pessoais, de saúde e fadiga levaram-me a pedir esta suspensão”, acrescentou, lembrando não se ter tratado de uma renúncia.

Paulo Sérgio Barbosa optou ainda por não se pronunciar sobre as mudanças operadas por Humberto Brito na vereação.

Pin It