A PJ efetuou buscas em Amares, Paços de Ferreira e Vieira do Minho. Foi apreendido um considerável acervo documental e material informático em Paços de Ferreira.

A Polícia Judiciária (PJ) realizou, durante o dia de ontem, dez buscas domiciliárias e não domiciliárias em cumprimento de Mandados de Busca e Apreensão, emitidos pelo Departamento de Investigação Criminal de Braga.

De acordo com a PJ, “o cumprimento dos mandados verificou-se num inquérito em que se encontra sob investigação uma ex-notária”. Neste sentido, os mandados foram emitidos no âmbito de inquérito que corre termos contra uma ex-notária, “por fortes suspeitas da prática de factos subsumíveis aos crimes de Peculato e Falsificação de Documentos”, esclarece a PJ.

Os factos cometidos pela suspeita no exercício de funções em Vieira do Minho e Amares.

Presididas por um Juiz de Instrução Criminal, foram realizadas buscas em Paços de Ferreira, acompanhadas pela Magistrada do Ministério Público titular do inquérito e por um representante da Ordem dos advogados. Das diligências realizadas, foi apreendido um considerável acervo documental e material informático.

A PJ avança que as buscas continuam.

Pin It

Publicidade (4)

Mais Lidas