As Juntas de Freguesia de Paços de Ferreira, Frazão/Arreigada e Seroa vão disponibilizar computadores e internet aos alunos sem equipamentos que se encontram em regime de aulas e-learning. O investimento foi feito pelas juntas e em coordenação com os Agrupamentos de Escolas.

 

As juntas de Freguesia de Paços de Ferreira, Frazão/Arreigada e Seroa desenvolveram um mecanismo de apoio aos alunos sem equipamentos destas localidades para ficarem em pé de igualdade com os restantes colegas, neste período de ensino a distância decretado pelo Governo.

A ideia inicial partiu de Alexandre Costa, presidente da Junta de Paços de Ferreira, que conseguiu criar uma forma de igualdade de circunstâncias entre todos os alunos até ao 10.º ano que se encontram em regime de e-learning. “Quando a Junta de Freguesia teve conhecimento das medidas do Governo para a escola, e que seria através do e-learning, contactou os agrupamentos onde estão as nossas crianças do 1.º e 2.º ciclos para perceber quantas seriam as infoexcluídas, por não terem equipamentos que pudessem efetuar os seus trabalhos. Recebemos essa indicação e, em coordenação com os agrupamentos, decidimos adquirir 35 portáveis e internet de banda larga”, explicou o autarca. Este equipamento, que teve um investimento de 6 mil euros, será cedido em regime de empréstimo aos alunos e devolvido no final do ano letivo à junta de Freguesia.

 

Freguesia de Frazão/Arreigada segue a ideia

A Junta de Freguesia de Frazão/Arreigada vai acompanhar a ideia de Paços de Ferreira e já garantiu a aquisição de 20 portáveis e internet de banda larga. “Vamos dar esse apoio em regime de empréstimo. Quando terminarem as aulas, o equipamento será devolvido à Junta”, referiu Joaquim Sérgio. O presidente da Junta fala num investimento de 5 mil euros que teve de ser feito, porque “não podemos deixar alguns alunos de parte em relação a outros. O orçamento será suportado pela junta, estamos numa fase em que os alunos não têm transporte e o valor dos passes será canalizado para isso. O investimento nos portáteis é superior, mas tendo em conta a medida, isso é um pormenor, porque a prioridade neste momento é dar igualdade a todos os alunos”.

 

Seroa também se associa à causa

O presidente Rui Barbosa também confirmou que a Junta de Freguesia de Seroa vai adquirir material informático para os alunos infoexcluídos e dará oportunamente as informações necessárias sobre o número de aquisições.

Pin It