O gerente de uma empresa sediada no concelho de Paços de Ferreira foi esta manhã obrigado a recolher o lixo que na véspera depositou nos trilhos do Monte do Pilar, em Penamaior. A denúnicia foi feita pelo presidente da Junta à Câmara Municipal e as diligências efetuadas levaram até ao prevaticador.

A Câmara Municipal de Paços de Ferreira pretende que este caso seja um exemplo para que, no futuro, os autores de atentados ambientais pensem duas vezes antes de os executarem. Isto porque, o gerente de uma empresa sediada no concelho depositou lixo nos trilhos do Monte do Pilar e, depois de ter sido identificado, o município aplicou uma contraordenação "exemplar" e ainda obrigou o autor a limpar o lixo depositado na véspera.

"Ainda durante a tarde desta sexta feira foi possível descobrir o autor deste atentado ambiental, a todos os títulos inaceitável, tendo a Câmara Municipal exigido ao seu responsável a limpeza, no prazo de 24 horas, de todo este lixo depositado ao longo de um caminho florestal", explicou a Câmara Municipal. 

Pin It

Publicidade (4)

Mais Lidas