Uma mulher residente em Carvalhosa abortou um feto com 31 semanas e queimou-o de seguida, espalhando as cinzas pelo jardim. Confessou tudo no hospital.

 

Uma mulher, de 30 anos, residente em Carvalhosa, Paços de Ferreira queimou um feto com 31 semanas de gestação, já morto, espalhando as cinzas Pelo jardim. No entanto, a mulher sentiu-se mal e teve de ir ao hospital, acabando por confessar o ato horrendo. O caso está entregue à Polícia Judiciária.

Pin It

Publicidade (4)

Mais Lidas