Um homem residente no concelho de Paços de Ferreira foi detido pela GNR por ter ameaçado de morte a esposa e a filha do casal. As ameaças com uma arma de fogo ocorreram depois da intenção de divórcio demonstrada pela mulher, que vinha sendo vítima de violência doméstica.

O Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas da GNR de Penafiel deteve, no passado dia 2 de novembro, um homem de 57 anos por violência doméstica, no concelho de Paços de Ferreira.

“Na sequência de uma investigação, os militares da Guarda apuraram que o suspeito, casado há 32 anos com a vítima de 56, exercia violência verbal, física e psicológica, conduta essa que se agravou nos últimos meses e que determinou o abandono da vítima da sua habitação de família, por força da violência sofrida e por medo de represálias”, explicou a GNR, em comunicado, sublinhando depois que as ameaças de morte com uma arma de fogo contra a esposa e a filha do casal, de 30 anos, aconteceram depois de o suspeito tomar conhecimento da intenção de divórcio.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel, sendo-lhe aplicadas as medidas de coação de proibição contactar por qualquer forma com a vítima controlado por pulseira eletrónica, proibição de adquirir ou deter armas de fogo e sujeição a tratamento de desintoxicação alcoólica.

 

Pin It

Publicidade (4)

Mais Lidas