O Partido Socialista avança a necessidade de tomar medidas em relação à condução do processo autárquico em Paços de Ferreira.

Após se evidenciarem divergências entre a Comissão Política do Partido Socialista de Paços de Ferreira e o atual autarca do concelho, o próprio referiu não pretender voltar a candidatar-se à Câmara Municipal de Paços de Ferreira, a distrital do PS avançou, hoje, um comunicado.

Nesse mesmo comunicado o Partido Socialista evidencia que “a situação interna de conflitualidade no seio do PS concelhio exige que sejam tomadas, com urgência, medidas em relação à condução do processo autárquico”, acrescentando que, “o Secretariado da Federação Distrital do Porto do PS decidiu, nos termos estatutários, avocar o processo eleitoral autárquico no concelho de Paços de Ferreira”.

A avocação, de acordo com o partido, será submetida, posteriormente, para ratificação à Comissão Política Distrital. Após esta decisão, o PS adianta que “todo o processo eleitoral autárquico passará, de imediato, a ser liderado pelo presidente e recandidato Humberto Brito, contando com inequívoco e total envolvimento da Federação Distrital do Porto”, refere.

Pin It

Publicidade (4)

Mais Lidas