Os trabalhadores da Conservatória do Registo Civil, Predial, Comercial e Automóvel de Paços de Ferreira vão estar em greve a partir da próxima segunda-feira. A paralisação vai decorrer entre as 9 e as 17 horas e vai estender-se até sexta-feira, 26 de abril.

O Sindicato dos Trabalhadores dos Registos e Notariado (STRN) explicou que a realização desta greve deve-se “ao silêncio sepulcral do Instituto dos Registos e Notariado (IRN) que, não obstante os alertas dos trabalhadores, continua sem resolver os diversos problemas que prejudicam o atendimento dos utentes, sobretudo nos pedidos de Cartão de Cidadão e de Passaporte Eletrónico Português, o que tem bloqueado, ou até mesmo extinto, uma parte substancial da atividade registal da cidade, facto que o comércio jurídico de Paços de Ferreira tem reclamado”, referiu em comunicado.

Este problema tem levado a fluxos de atendimento presencial em massa quanto aos pedidos de cartão de cidadão e de passaporte eletrónico português e “estão a colocar em causa, desde logo, a missão das Conservatórias, prejudicando, quer a população de Paços de Ferreira, como também a sanidade mental dos trabalhadores”.

Estes motivos levaram a que os trabalhadores “tivessem remetido à tutela, através do STRN, um abaixo-assinado denunciando os factos, e requerendo que estes serviços fossem assegurados por agendamento, o que já vem acontecendo em algumas unidades orgânicas, com claras provas de segurança, eficiência e eficácia”, conclui o sindicato.

Pin It

Mais Lidas