A União de Freguesias de Silvares, Pias, Nogueira e Alvarenga distribuiu 7 mil máscaras pelas habituações. Cada família recebeu um kit com duas máscaras.

A União de Freguesias de Silvares, Pias, Nogueira e Alvarenga terminou a entrega de 7 mil máscaras pelas habitações. A iniciativa resultou da aplicação dos valores orçamentados para a Festa dos Vizinhos, Festa do Rio, Passeio Anual e outras catividades, num valor global de perto de 6 mil euros, mas que, devido à pandemia, foram cancelados, transferindo o valor para a produção de máscaras. A Junta acrescenta que este material está certificado pelo CITEVE, com o código 4282/2020, permitindo até cinco lavagens à máquina, sendo que se lavar à mão poderão ser usadas até 10 vezes sem perder as qualidades de proteção de máscaras sociais de nível 3.

“Comprámos as máscaras em Lousada na primeira empresa a conseguir a certificação, a qual contou também com a ajuda de Fausto Oliveira, Nelson Oliveira e Manuel Pinho que têm vindo a alertar desde há mais de um mês para a importância do uso de máscara e que alertou para os processos necessários. Sem desprimor para as imensas empresas lousadenses de Confeções que estão num processo complicado de reconversão de atividade, uma palavra de agradecimento aos Irmãos Jotas, na pessoa da Sandra Ribeiro, pelo empenho em concluir este processo e disponibilizar as máscaras a esta Junta e ainda a cerca de 10 Juntas do concelho de Lousada, no mais curto espaço de tempo, com as garantias de certificação”.

A Junta de Freguesia admitiu ainda que as máscaras atribuídas “em muitos casos não serão suficientes para todos os membros do agregado familiar. Estamos disponíveis para apoiar os casos que por necessidade económica não as possam adquirir. E aqueles que por algum motivo não as receberam na caixa de correio (houve casos de furtos), contactem a Junta para as fazermos chegar. O objetivo é que cada família tome consciência da proteção necessária para as saídas públicas e tenha desde já os meios necessários para o fazer. O tempo prolongado da crise irá exigir a utilização continuada de máscaras. Esperemos que surjam em breve máscaras mais baratas e em quantidade suficiente à venda no mercado”.

Pin It

Publicidade (4)

Mais Lidas