Um aluno de 12 anos agrediu a soco e pontapé um professor de 63 anos, depois deste o ter admoestado por estar a brincar com uma bola na sala de aula e ter partido uma lâmpada do teto.

A agressão aconteceu há uma semana na Escola Básica Francisco Torrinha, no Porto, mas o caso só foi conhecido esta sexta-feira. O professor, de 63 anos, admoestou o jovem por estar a brincar com uma bola e ter partido uma lâmpada do teto. Segundo o JN, o professor de Educação Visual e Educação Cívica pediu a uma funcionária para limpar os vidros e disse ao aluno que provavelmente teria de pagar a lâmpada. O adolescente não gostou da advertência, disse que não pagava e ligou para o pai, mesmo sabendo que não podia utilizar o telemóvel em sala de aula. Depois voltou a movimentar a bola dentro da sala, mas o professor retirou-lhe o objeto e colocou-o em cima da secretária. Foi aqui que o jovem passou para as agressões, depois de o professor o ter encaminhado à diretora de turma. Ainda segundo o JN, o aluno desferiu um violento pontapé nos testículos do professor, deitando-o ao chão com as dores. A aula terminou de imediato, mas o jovem ainda haveria de voltar poucos minutos depois, para dar mais um murro na testa do professor. Depois, saiu da sala, e gabou-se aos funcionários: “Já lhe parti o focinho”, acrescentou o JN.

Pin It

Mais Lidas