A Câmara Municipal de Paredes está a servir 89 refeições diárias aos alunos em situação de carência e que estão a ter aulas em casa, motivadas pela COVID-19. Os pedidos de refeição referem-se ao Agrupamento de Cristelo (26), Agrupamento Paredes (29), Agrupamento Lordelo (1), Agrupamento Vilela (31), e Escola Secundária de Paredes (2).

São 89 refeições diárias que três instituições do concelho de Paredes estão a preparar para entregarem aos alunos em situação de carência. A iniciativa é da Câmara Municipal de Paredes e conta com três instituições para prepararem os alimentos. O serviço diário de refeições escolares é assegurado pela ADIL – Associação Para o Desenvolvimento de Lordelo, com 17 refeições destinadas aos alunos do Agrupamento de Vilela, a ADR – Associação para o Desenvolvimento de Rebordosa com 13 refeições a alunos do Agrupamento de Vilela e de Lordelo e a Obra de Assistência Social de Sobrosa que fornece 60 refeições aos estudantes dos agrupamentos de Cristelo, Vilela, Paredes e da Escola Secundária de Paredes.

Refira-se que a ADIL entrega todas as refeições porta a porta, enquanto que a ADR disponibiliza as refeições no Centro Comunitário, onde os encarregados de educação fazem o seu levantamento. A Obra de Assistência Social de Sobrosa entrega porta a porta as refeições dos agrupamentos de Cristelo e de Vilela. Os encarregados de educação dos Agrupamento de Paredes e da Secundária de Paredes levantam as refeições no Centro Escolar.

Os pedidos de refeição referem-se ao Agrupamento de Cristelo (26), Agrupamento Paredes (29), Agrupamento Lordelo (1), Agrupamento Vilela (31), e Escola Secundária de Paredes (2).

c/GI CM Paredes

Pin It

Mais Lidas