Rota do Românico lança filme promocional sobre o concelho de Paredes (C/VÍDEO)

A Rota do Românico estreou ontem, 19 de julho, um filme promocional dedicado ao concelho de Paredes. A nova película cruza o território paredense, destacando algumas das mais significativas marcas do seu património natural e cultural, material e imaterial.

O Mosteiro de Cête e as Torres dos Alcoforados e do Castelo de Aguiar de Sousa, que integram o itinerário de visita da Rota do Românico, merecem particular destaque, tal como o Circuito de Arte Pública de Paredes, as Minas de Ouro de Castromil e o seu Centro de Interpretação.

Os espaços de lazer e as belezas paisagísticas dos rios Sousa e dos seus afluentes Ferreira e Sentiais também não são esquecidos, representados pelos parques da Senhora do Salto (incluído no Parque das Serras do Porto), de Lordelo/Rebordosa e da Cidade de Paredes.

A qualidade do alojamento turístico e os irresistíveis sabores da gastronomia regional são igualmente enaltecidos.

Depois do spot, do compacto dos monumentos e dos filmes de Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses e Paços de Ferreira, este é o décimo filme da Rota do Românico destinado à promoção dos 12 municípios que integram a sua área de influência.

A produção destes 14 novos filmes é cofinanciada pelo Turismo de Portugal, no âmbito da operação “Capacitação e Valorização Turística da Rota do Românico”, aprovada pelo Valorizar - Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior.

A Rota do Românico reúne, atualmente, 58 monumentos, distribuídos por 12 municípios dos vales do Sousa, Douro e Tâmega (Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende), no Norte de Portugal.

As principais áreas de intervenção da Rota do Românico abrangem a investigação científica, a conservação do património, a dinamização cultural, a educação patrimonial e a promoção turística.

GI/Rota do Românico

Pin It
Rota do Românico lança filme promocional sobre o concelho de Paredes (C/VÍDEO)

Rota do Românico lança filme promocional sobre o concelho de Paredes (C/VÍDEO)

A Rota do Românico estreou ontem, 19 de julho, um filme promocional dedicado ao concelho de Paredes. A nova película cruza o território paredense, destacando algumas das mais significativas marcas do seu património natural e cultural, material e imaterial.

O Mosteiro de Cête e as Torres dos Alcoforados e do Castelo de Aguiar de Sousa, que integram o itinerário de visita da Rota do Românico, merecem particular destaque, tal como o Circuito de Arte Pública de Paredes, as Minas de Ouro de Castromil e o seu Centro de Interpretação.

Os espaços de lazer e as belezas paisagísticas dos rios Sousa e dos seus afluentes Ferreira e Sentiais também não são esquecidos, representados pelos parques da Senhora do Salto (incluído no Parque das Serras do Porto), de Lordelo/Rebordosa e da Cidade de Paredes.

A qualidade do alojamento turístico e os irresistíveis sabores da gastronomia regional são igualmente enaltecidos.

Depois do spot, do compacto dos monumentos e dos filmes de Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses e Paços de Ferreira, este é o décimo filme da Rota do Românico destinado à promoção dos 12 municípios que integram a sua área de influência.

A produção destes 14 novos filmes é cofinanciada pelo Turismo de Portugal, no âmbito da operação “Capacitação e Valorização Turística da Rota do Românico”, aprovada pelo Valorizar - Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior.

A Rota do Românico reúne, atualmente, 58 monumentos, distribuídos por 12 municípios dos vales do Sousa, Douro e Tâmega (Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende), no Norte de Portugal.

As principais áreas de intervenção da Rota do Românico abrangem a investigação científica, a conservação do património, a dinamização cultural, a educação patrimonial e a promoção turística.

GI/Rota do Românico

Pin It

Mais Lidas