O Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Penafiel recuperou várias peças em ouro que haviam sido furtadas numa residência em Penafiel e identificou um homem, de 30 anos, que está acusado de ser o autor do roubo.

As autoridades identificaram o homem, de 30 anos, no passado dia 3 de outubro, por ser o suspeito de ter furtado várias peças em ouro de uma residência em Penafiel, entretanto recuperadas pela GNR.

“No âmbito de uma denúncia apresentada por crime de furto em residência, ocorrido no dia 3 de outubro e no qual haviam sido furtados diversos objetos em ouro e outras peças de bijuteria, os militares encetaram de imediato diversas diligências policiais e de investigação que permitiram recuperar todos os objetos furtados e identificar o principal suspeito do furto.
O suspeito, com antecedentes criminais pela prática de crimes desta natureza e por crimes de violência doméstica, foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Paredes”, explicou a GNR.

Pin It

Publicidade (4)