O complexo desportivo das Laranjeiras voltou a ser propriedade do município de Paredes. Ideia passa por trazer clube a jogar no mítico estádio. Pavilhão será transformado em multiusos.

O ‘velhinho’ Complexo Desportivo das Laranjeiras voltou à posse dos paredenses depois de um acordo de expropriação no valor de 1.601.226.51 euros. A escritura pública da expropriação daquele património foi assinada na passada sexta-feira, em Lisboa, entre o presidente da autarquia, Alexandre Almeida, e pela administradora da massa insolvente que detinha o processo de venda das ‘laranjeiras.

O autarca paredense justificou esta aquisição porque “o Complexo das Laranjeiras é um património fundamental para o desenvolvimento de Paredes” e este acordo “vai permitir ainda ao União Sport Clube de Paredes, depois de obras de requalificação do antigo estádio das Laranjeiras, voltar a jogar no emblemático campo paredense”, refere o Presidente do Município.

A requalificação do pavilhão gimnodesportivo e a sua conversão num multiusos é prioridade estratégica do Município.

 

Pin It