17.7 C
Munique
18.9 C
Porto
DestaqueARS desaconselha eventos, festas e jantares que promovam aglomeração de pessoas

ARS desaconselha eventos, festas e jantares que promovam aglomeração de pessoas

Relacionados

Penafiel – Apreensão de armas ilegais

No âmbito de uma denúncia por ameaças com recurso a armas de fogo, no dia 3 de julho, os militares da guarda do posto...

Cerimónia de comemoração dos 91 anos da instituição em Paços de Ferreira brindada com medalha por serviços distintos de Grau Ouro

Zeferino Barbosa, presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Paços de Ferreira (AHBVPF), recebeu a medalha por serviços distintos de Grau Ouro da...

Amarante – Detido por posse de arma proibida

O Comando Territorial do Porto, através do Posto Territorial de Amarante, hoje, dia 30 de junho, deteve um homem de 23 anos por posse...

A Administração Regional de Saúde do Norte (ARS Norte) avança o desaconselhamento da realização de eventos, festas e jantares que promovam o ajuntamento de pessoas, com efeitos imediatos, face à imprevisibilidade da evolução epidemiológica da Covid-19.

De acordo com a ARS Norte, a situação epidemiológica atual, tanto a nível nacional, como a nível regional, relativamente à pandemia da Covid-19, é caracterizada por um “elevado grau de  incerteza, devido à dinâmica de circulação de vários vírus nos meses de inverno e à emergência de uma nova variante de preocupação de SARS-CoV-2”, sedo que a imprevisibilidade da evolução epidemiológica da Covid-19 implica uma avaliação de risco contínua e, de acordo com o nível de risco apurado, deverá ser realizada uma reavaliação das medidas de saúde pública implementadas.

A ARS Norte alertou que “independentemente do cumprimento integral de todas as medidas de saúde publica preconizadas, o risco de transmissão de infeção por SARS-Cov-2, particularmente em eventos de cariz social favorecedores de aglomeração de pessoas, de comportamentos de proximidade e de contacto físico, é real e não pode ser anulado”, verifica.

É ainda reconhecida a continuidade na ocorrência de casos/surtos relacionados com eventos sociais promotores da agregação de pessoas, tendo em conta a circulação de pessoas infetadas, com ou sem sintomas, e ainda que estas não tenham um esforço de testagem prévia.

As autoridades de saúde da região norte irão manter um acompanhamento da situação epidemiológica, ajustando a intervenção da saúde pública, de acordo com a avaliação de risco. A ARS reitera como fundamental a “atenção ao aparecimento de sintomas de Covid19” bem como dar cumprimento às medidas de prevenção e controlo determinadas pelas autoridades de saúde territorialmente competentes.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido