17.9 C
Munique
21.4 C
Porto
DestaqueDGS disponibiliza vacinação pneumónica gratuita e aconselha-a a maiores de 65 anos

DGS disponibiliza vacinação pneumónica gratuita e aconselha-a a maiores de 65 anos

Relacionados

Na reunião do executivo Municipal de Paços de Ferreira, realizada no passado dia 20 de maio estiveram presentes os vereadores PSD de Paços de...

Penafiel – Apreensão de combustível

O Comando Territorial do Porto, através do Posto Territorial de São Vicente, ontem, dia 16 de maio, apreendeu 150 litros de combustível, no concelho...

Paredes – Detidos em flagrante

No âmbito de uma denúncia a informar que um estabelecimento de restauração e bebidas, na localidade de Lordelo, estaria a ser alvo de um...

A Direção-Geral da Saúde (DGS) atualizou as normas relativas à vacinação pneumónica, recomendando a vacina polissacárida a todos os adultos com mais de 65 anos, alargando ainda a sua gratuitidade a doentes de risco a partir dos 18.

A recomendação foi divulgada através de um comunicado por parte da DGS referente à vacinação contra a doença invasiva pneumónica dos adultos que pertencem aos grupos de risco, cuja norma que vigorava desde 2015 foi, agora, atualizada.

Na atualização, recomenda-se a vacina polissacárida de 23 serotipos “a todos os adultos com 65 ou mais anos, entrando em vigor um regime especial com comparticipação de 69%”, avança o Serviço Nacional de Saúde.

Nos grupos de risco clínico, além dos já definidos no ano de 2015, passam a ter a vacinação gratuita no Serviço Nacional de Saúde pessoas com insuficiência respiratória crónica. Além dos doentes que realizaram um transplante, a vacinação gratuita abrange, também, os candidatos a transplante, a partir do momento em que estes forem incluídos na lista de espera que esse procedimento.

O SNS acrescenta que as pessoas com 65 ou mais anos e com critérios clínicos para a vacinação gratuita no SNS, no âmbito desta mesma norma, poderá optar por adquirir a vacinas na farmácia “auferindo também do regime especial com comparticipação de 69% que, neste caso, abrange também a vacina conjugada de 13 serotipos”.

A doença invasiva pneumónica pode provocar situações muito graves, com elevada probabilidade de complicações, sequelas e morte.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido