5 C
Munique
8.7 C
Porto
OpiniãoPenafiel, um ano após as autárquicas de 2021

Penafiel, um ano após as autárquicas de 2021

Relacionados

Paços de Ferreira – Comunicado – PSD

- Comunicado - "O Partido Social Democrata de Paços de Ferreira, no exercício do direito de oposição, apresentou, em reunião com o Sr. Presidente da...

Paços de Ferreira – Chegou mais cedo o Natal à Santa Casa da Misericórdia

A Irmandade Santa Casa da Misericórdia de Paços de Ferreira foi brindada no passado dia 23 de novembro, com um presente de Natal antecipado,...

Lousada – Vila Natal a partir de dia 25 de novembro

No próximo dia 25, sexta-feira, a partir das 20h30, começa, oficialmente a época de Lousada Vila Natal, com iluminação das ruas, da Árvore de...

Neste ano decorrido após as eleições autárquicas de 26 de setembro de 2021, muito do mundo como o conhecemos mudou e cada vez mais regressamos ao normal antes da grave pandemia que tanto nos afetou a todos os níveis.

Por terras de Penafiel, após o ímpeto pré-eleitoral, regressou a normalidade. Tudo o que for possível fica a cozinhar em banho-maria até ser hora de resolver, enquanto a única oposição nos órgãos autárquicos mais parece fazer um favor para que a coligação de direita continue o seu governo e até o prolongue.

Vemos Penafiel a regressar ao mundo do “show-off”, enquanto as questões de fundo continuam por resolver, não deixaram de existir e não se esconderam.

Por exemplo, a nível ambiental continua a não existir um plano ambiental de combate ao desperdício de água (algo proposto pela CDU nas autárquicas de 2017), quer através de incentivos para a redução do consumo de água, quer por campanhas de sensibilização com as crianças em idade escolar – visto serem excelentes para passarem a palavra – e até pela colocação de outdoors com personagens com as quais as crianças se identifiquem. Ainda para mais numa altura que a seca tem assolado o nosso país e todas as regiões hidrográficas sentem a falta de água. Este indicador já poderia ter outros resultados, pelo menos a nível da sensibilização da população e até dos gastos de água do município, mas vai com atraso de 5 anos. Também a substituição de lâmpadas da via pública por tecnologia mais moderna e com menor consumo, foi proposto em 2017, mas só antes das autárquicas de 2021 teve início. Como se constata, a CDU tem preocupações reais e não vive só para o momento.

Por Penafiel também assistimos ao cantar hosanas pela cultura, pela preservação do património histórico e até pela dinamização de percursos pedestres, mas…. Está previsto um parque eólico nas proximidades do povoado fortificado de Talefe (serra de Luzim), o castelo de Penafiel está no corredor da futura linha elétrica e não podemos esquecer o castro do Monte Mozinho que também está na área de incidência do projeto. Quanto aos percursos pedestres, a festa é tanta que no site da autarquia só mencionam isso, sem haver mais informações acerca dos mesmos (site consultado a 08/10/2022).

Para terminar, continuamos a assistir à falta de informação disponibilizada aos munícipes, relativamente a atas de reunião de câmara, pois as mais recentes são de 2021 (quando já entramos no último trimestre de 2022).

Bruno Sousa

Membro da comissão concelhia de Penafiel do PCP

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido