17.7 C
Munique
18.9 C
Porto
PolíticaCâmara de Paredes aprovou orçamento de 78 milhões para o ano de...

Câmara de Paredes aprovou orçamento de 78 milhões para o ano de 2022

Relacionados

Penafiel – Apreensão de armas ilegais

No âmbito de uma denúncia por ameaças com recurso a armas de fogo, no dia 3 de julho, os militares da guarda do posto...

Cerimónia de comemoração dos 91 anos da instituição em Paços de Ferreira brindada com medalha por serviços distintos de Grau Ouro

Zeferino Barbosa, presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Paços de Ferreira (AHBVPF), recebeu a medalha por serviços distintos de Grau Ouro da...

Amarante – Detido por posse de arma proibida

O Comando Territorial do Porto, através do Posto Territorial de Amarante, hoje, dia 30 de junho, deteve um homem de 23 anos por posse...

O executivo municipal de Paredes aprovou, esta quinta-feira, o orçamento para o próximo ano, avaliado em cerca de 78 milhões de euros. O orçamento foi reforçado face a 2021, com 7 milhões de euros, atendendo à delegação de competências que o Município receberá em 2022 ao nível da educação, saúde e ação social.

O autarca do município, Alexandre Almeida, revelou a previsão de um “maior valor de delegação de competências e transferência de recursos financeiros alguma vez feita com juntas de freguesia”, justificando com o facto de acreditar nas Juntas de Freguesia e entender que poderá ser um parceiro importante no desenvolvimento do concelho através da realização de obras de maior proximidade.

Assim, o valor que está previsto para os contratos de cooperação e delegação de competências é de cerca de 2 milhões de euros e, para 2022, está já prevista a continuidade dos investimentos em grandes obras, nomeadamente ao nível da construção “do Estádio das Larangeiras, do Auditório Municipal e Centro de Congressos de Paredes”. O realojamento da comunidade cigana e habitação social, bem como os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento, os quais serão responsáveis pelos investimentos ao nível da água e do saneamento nos próximos anos”, evidenciou o autarca.

O autarca afirmou ainda que apesar dos investimentos, sendo que o um orçamento “amigo das pessoas e das empresas”, mantendo uma taxa mínima de IMI em 0,3% e mantém a isenção de derrama para as micro e pequenas empresas que faturem até 150 mil euros.

Trata-se, em suma, de um “orçamento de continuidade de investimentos nas freguesias” de acordo com o autarca, um orçamento “com grandes preocupações sociais e manutenção da carga fiscal no mínimo”.

A coligação “Primeiro as Pessoas” do PPD/PSD e CDS-PP votou contra a proposta de orçamento para 2022, o qual foi aprovado, na sua maioria, pelo executivo. O orçamento será apreciado e votado pela Assembleia Municipal a 18 de dezembro.

Além do orçamento de 2022, foi ainda aprovado pelo executivo municipal, com a abstenção de dois votos, a proposta de Municipalização e Criação dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento do Município de Paredes.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido