21.3 C
Munique
19.9 C
Porto
RegionalDetidas em Gondomar por burla e furto em residência

Detidas em Gondomar por burla e furto em residência

Relacionados

Penafiel – Apreensão de armas ilegais

No âmbito de uma denúncia por ameaças com recurso a armas de fogo, no dia 3 de julho, os militares da guarda do posto...

Cerimónia de comemoração dos 91 anos da instituição em Paços de Ferreira brindada com medalha por serviços distintos de Grau Ouro

Zeferino Barbosa, presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Paços de Ferreira (AHBVPF), recebeu a medalha por serviços distintos de Grau Ouro da...

Amarante – Detido por posse de arma proibida

O Comando Territorial do Porto, através do Posto Territorial de Amarante, hoje, dia 30 de junho, deteve um homem de 23 anos por posse...

A GNR de Fânzeres deteve, no dia 14 de fevereiro, em Gondomar, duas mulheres de 30 e 37 anos por burla e furto em residência.

A detenção originou-se na sequência de uma denúncia de burla e furto em residência, na qual a Guarda realizou um conjunto de diligências policiais que “permitiram localizar as suspeitas no interior de um estabelecimento comercial, local onde se tinham refugiado e tentado dissimular os objetos furtados, após se aperceberem da presença dos militares nas imediações”, refere nota.

No decorrer desta ação, foram apreendidas duas pulseiras de ouro, um par de brincos de ouro, um relógio de bolso banhado a ouro, sete anéis em ouro e 770 euros em números. O material em questão foi recuperado e entregue aos legítimos proprietários.

Por outro lado, as detidas, segundo a GNR com antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza, foram presentes a primeiro interrogatório, no dia 15 de fevereiro, no Tribunal Judicial do Porto, onde lhes aplicaram as medidas de coação de “apresentações bissemanais no posto policial da sua área de residência, proibição de frequentar o concelho de Gondomar e proibição de contacto entre as arguidas”, conclui nota.

De forma a prevenir as burlas, a GNR aconselha a não fornecer as suas informações pessoais ou de conhecidos a indivíduos estranhos; a não confiar em estranhos, bem-falantes e cheios de boas intenções; desconfiar de esquemas que lhe ofereçam dinheiro fácil; não demonstrar estar sozinho, mesmo que não esteja ninguém em casa e, em caso de desconfiança, ligar à GNR.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido