5 C
Munique
8.7 C
Porto
RegionalPaços de FerreiraPaços de Ferreira com duas candidaturas à Concelhia do Partido Socialista

Paços de Ferreira com duas candidaturas à Concelhia do Partido Socialista

Relacionados

Paços de Ferreira – Comunicado – PSD

- Comunicado - "O Partido Social Democrata de Paços de Ferreira, no exercício do direito de oposição, apresentou, em reunião com o Sr. Presidente da...

Paços de Ferreira – Chegou mais cedo o Natal à Santa Casa da Misericórdia

A Irmandade Santa Casa da Misericórdia de Paços de Ferreira foi brindada no passado dia 23 de novembro, com um presente de Natal antecipado,...

Lousada – Vila Natal a partir de dia 25 de novembro

No próximo dia 25, sexta-feira, a partir das 20h30, começa, oficialmente a época de Lousada Vila Natal, com iluminação das ruas, da Árvore de...

No dia 8 de outubro, realizam-se as eleições para a concelhia do PS-Partido Socialista de Paços de Ferreira.

António Fernández, engenheiro de profissão, foi deputado da assembleia municipal de Paços de Ferreira entre o ano de 2013 e 2017 e militante do Partido Socialista de Paços de Ferreira, em comunicado, faz saber que é com sentido de responsabilidade e imbuído de uma grande vontade de aprofundar o diálogo e a democracia interna do PS de Paços de Ferreira, que torna pública a sua candidatura a este órgão político do Partido Socialista em Paços de Ferreira.

António Fernández, tem intenção de agregar todos os militantes e simpatizantes socialistas, refutando derivas sectárias. A sua candidatura é um projeto de um grupo de militantes a qual tem o prazer e a honra de encabeçar.

Pretende um projeto que ajude a pensar o concelho a partir da matriz socialista. Um projeto que ajude a perspetivar o futuro do concelho de forma coesa, consistente e harmoniosa, envolvendo todos as forças vivas e os demais organismos. Um projeto que se quer democrático, participativo, progressista, solidário, mas não assistencialista, ambientalista e ordenado em que as pessoas sejam parte integrante das decisões. Um projeto que faça com que as pessoas sintam o concelho como seu.

“Urge, pois, dialogar, ouvir e respeitar todos os militantes e simpatizantes, desde os mais novos aos mais históricos a quem devemos muito, abrir o partido à comunidade não permitindo que este se transforme num sistema fechado de homens providenciais.”

“Por um PS íntegro e integrador.”

António Fernandez

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido