2.7 C
Munique
9.2 C
Porto
RegionalTâmega e SousaInstalação do Conselho Diretivo da Associação de Municípios do Vale do Sousa

Instalação do Conselho Diretivo da Associação de Municípios do Vale do Sousa

Relacionados

Associação de Municípios do Douro e Tâmega (AMDT) com orçamento de 1,37M para 2023

O Conselho Diretivo da Associação de Municípios do Douro e Tâmega (AMDT) aprovou hoje, 28 de novembro, o Plano Plurianual de Investimentos 2023-2026. O documento prevê...

Pedro Santinho Mendes estreia-se a vencer em Fronteira

Com muitos milhares de espetadores e um sol radioso, a 10ª edição da BP Ultimate 4 Horas SSV Vila de Fronteira foi pródiga em...

Braga – Câmara de Braga transfere mais de 600 mil euros para Freguesias e instituições do Concelho

Mais de 600 mil euros é quanto o Município de Braga vai transferir para financiar a execução de várias obras em diversas Freguesias e...

Hoje, na sede da Associação de Municípios do Vale do Sousa em Lousada (VALSOUSA), teve lugar o ato de instalação do Conselho Diretivo, seguindo-se da primeira reunião deste órgão executivo para efeitos dos seus Presidente e Vice-Presidente.

Face às disposições estatuárias, e sob a condução do Presidente cessante, Humberto Brito, foi submetida a sufrágio secreto a proposta do cargo de Presidente do Conselho Diretivo para o mandato de 2021-2025 seja exercido pelo Presidente da Câmara Municipal de Felgueiras, Nuno Fonseca, e o de Vice-Presidente, pelo Presidente da Câmara de Castelo de Paiva, José Rocha, bem como deu continuidade de Luís Monteiro nas funções de Secretário-Geral, com propostas aprovadas por unanimidade, avança em comunicado a VALSOUSA.

O Conselho Diretivo será composto pelo Presidente da Câmara Municipal de Lousada, Pedro Machado, pelo Presidente da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, Humberto Brito, pelo Presidente da Câmara Municipal de Paredes, Alexandre Almeida, e pelo Presidente da Câmara Municipal de Penafiel, Antonino Sousa, acrescenta o comunicado.

Num novo mandato autárquico, o Presidente eleito evidenciou a importância da associação para a promoção do “desenvolvimento integrado e sustentável do espaço regional do Vale do Sousa, e dos seus mais de 300.000 habitantes, através das áreas prioritárias de intervenção da VALSOUSA, nomeadamente, do Ambiente, da Modernização Administrativa e da Transição Digital, e da Cultura e Turismo, nomeadamente pela projeção da Rota do Românico, a nível interno e externo, e do trabalho de parceria com os restantes municípios integrantes do projeto e com os atores sociais, económicos e culturais desta região”, conclui.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido