CulturaVão ser distribuídos de 81 Veículos pelos Corpos de Bombeiros

Vão ser distribuídos de 81 Veículos pelos Corpos de Bombeiros

Relacionados

Santo Tirso: Homem morre na A3 num acidente enquanto fugia em contramão

Um homem, de 33 anos, suspeito de um roubo em Braga, morreu na madrugada da passada segunda-feira, na sequência de um acidente, em Santo...

Felgueiras: Jovem morre após despiste de mota

Um jovem de 24 anos morreu na sequência de um acidente de viação, na passada quarta-feira, dia 21 de fevereiro, na Lixa, concelho de...

Valongo: Homem morre após despiste contra paragem de autocarro

Um homem, de 48 anos, morreu, na noite do passado domingo, 18 de fevereiro, num acidente de viação na freguesia de Sobrado, em Valongo. O...

No passado dia 22 de fevereiro, foi divulgada, aos Corpos de Bombeiros, a lista de distribuição de 81 veículos florestais que vão permitir o reforço do aumento de resposta operacional no combate aos incêndios.

Em nota de imprensa, pode-se ler que “foi possível incluir no Plano de Recuperação e Resiliência, no âmbito do Programa MAIS Floresta, uma verba de 12,6 milhões de euros destinada à aquisição de veículos florestais a operar pelos Corpos de Bombeiros.”

Vai ser, assim, aumentada a capacidade de resposta operacional dos agentes da proteção civil, através da distribuição, por meio de um contrato de comodato a celebrar com a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), de viaturas a Corpos de Bombeiros localizados em zonas onde se verifique uma maior carência de Veículos Florestais de Combate a Incêndios (VFCI) e de Veículos Tanque Táticos Florestais (VTTF) face à respetiva área florestal.

Calcula-se que esta verba permita a aquisição de 81 veículos florestais, 59 VFCI e 22 VTTF, representando a maior distribuição de veículos para dar resposta a incêndios rurais desde 1980.

“Os critérios adotados para distribuição destes veículos são objetivos, mensuráveis e verificáveis, garantindo que os veículos são alocados a Corpos de Bombeiros com real capacidade para os operacionalizar e garantindo a sua distribuição pelos territórios onde, face à área florestal a seu cargo, se verifique uma carência mais significativa de veículos florestais.” informam.

Os mesmos foram propostos pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil e previamente apresentados à Associação Nacional de Municípios e à Liga dos Bombeiros Portugueses, sendo aprovados pela Ministra da Administração Interna e validados pela Estrutura de Missão Recuperar Portugal.

A lista final de distribuição das viaturas revela que 14 VFCI e 12 VTTF vão para os Corpos de Bombeiros da área do Comando Regional de Emergência e Proteção Civil (CREPC) do Norte; 22 VFCI e 3 VTTF para os Corpos de Bombeiros da área do CREPC do Centro; 6 VFCI e 2 VTTF para os Corpos de Bombeiros da área do CREPC de Lisboa e Vale do Tejo; 13 VFCI e 5 VTTF para os Corpos de Bombeiros da área do CREPC do Alentejo e 4 VFCI para os Corpos de Bombeiros da área do CREPC do Algarve.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -