5 C
Munique
8.7 C
Porto
CulturaPenafiel - Será celebrada Ana Luísa Amaral

Penafiel – Será celebrada Ana Luísa Amaral

Relacionados

Paços de Ferreira – Comunicado – PSD

- Comunicado - "O Partido Social Democrata de Paços de Ferreira, no exercício do direito de oposição, apresentou, em reunião com o Sr. Presidente da...

Valongo – Detidos por exercício ilícito de segurança privada

O Comando Territorial do Porto, através do Posto Territorial de Valongo, no dia 19 de novembro, deteve em flagrante um homem de 32 anos...

Paços de Ferreira – Chegou mais cedo o Natal à Santa Casa da Misericórdia

A Irmandade Santa Casa da Misericórdia de Paços de Ferreira foi brindada no passado dia 23 de novembro, com um presente de Natal antecipado,...

Com palavras cantadas, declamadas, pintadas e representadas: assim será celebrada Ana Luísa Amaral em Penafiel. Desde o teatro até à música e à arte urbana, Escritaria vai prestar homenagem póstuma a grande nome da poesia com programa vasto e diversificado.

FNF-e1664804459295

De 16 a 23 de outubro, a vida e obra de Ana Luísa Amaral será celebrada em Penafiel na Escritaria. Penafiel prestará assim homenagem a um grande nome da poesia, que, infelizmente, nos deixou recentemente, mas cuja marca de excelência literária estará sempre connosco e tatuada em território penafidelense.

Por toda a parte, em todos os cantos e recantos de Penafiel e de diversas formas e feitios, será visível a contaminação literária pelas palavras e pela vida de Ana Luísa Amaral.

Apesar de esta ser a primeira edição da Escritaria em formato de homenagem póstuma, Penafiel irá igualmente inaugurar a escultura da escritora e uma frase que marca a cidade para memória futura, a par com os anteriores homenageados.

Aliás, uma das novidades desta edição é precisamente a inclusão do “Descerramento da frase e inauguração da escultura”, mas também da “Inauguração da Arte Pública” e da Inauguração da exposição de Ana Luísa Amaral na Biblioteca Municipal – ocasiões com grande simbologia – nas transmissões on-line, a par com outros momentos importantes da Escritaria que, nas últimas edições, já tem vindo a ser transmitidos via streamming através das redes sociais da Escritaria e da Câmara Municipal de Penafiel, como a “Conversa em torno da poesia de Ana Luísa Amaral” ou a Conferência “Vida e Obra de Ana Luísa Amaral”, de forma a envolver cada vez mais a comunidade e todos os amantes desta festa das palavras, mesmo aqueles que, por razões diversas, não poderão estar presentes fisicamente.

Nesta 15ª edição, a comunidade escolar volta a estar envolvida na iniciativa, através da conceção de peças de arte pública espalhadas pelas ruas do centro da cidade e montras do comércio local. Além disso, os “Caminhos da Poesia”, extensíveis a toda a programação, vão colocar todos os níveis de ensino, desde o pré-escolar ao secundário, todos os Agrupamentos Escolares do concelho e ainda as IPSS’s, em contacto direto com a obra da homenageada, através de contadores de histórias, poesia com música e biblioteca itinerante, de forma a descentralizar o evento para as várias freguesias do concelho.

A Escritaria 2022 vai ter início no próximo dia 16 de outubro, com uma visita guiada ficcionada pelo património literário de Penafiel, pelo Bairro dos Livros. No mesmo dia, destaque para a apresentação do livro referente à Escritaria com Germano Almeida, em 2021, a acontecer no Recreatório Paroquial, pelas 18h30 e com transmissão em direto.

Outro destaque prende-se com o espetáculo “RUGE: poemas e canções”, a ser protagonizado por Daniela Ónis, o jornalista Rodrigo Guedes de Carvalho e Rúben Alves, no dia 19, às 21h30, no Museu Municipal. Ainda no Museu Municipal, decorrerá no dia 21 de outubro, pelas 22h00, a apresentação da peça “A Tempestade”, de Ana Luísa Amaral, com a encenação exclusiva de Vítor Fernandes, pelo grupo Jangada Teatro, para a Escritaria da obra de ALA, que depois será apresentada em todos os Agrupamentos escolares do concelho.

Por fim, salientar ainda o encerramento do festival, no dia 23, com o espetáculo “Manifesto pelos leitores de poesia”, com Filipa Leal, Pedro Lamares e participação de Carolina Rocha.

Para Antonino de Sousa, Presidente da Câmara Municipal de Penafiel, “Esta será mais uma edição singular e especial da Escritaria. Com este programa, procuramos, sobretudo, dignificar a vida e obra de Ana Luísa Amaral, como tão bem merece, mas também envolver toda comunidade nesta festa das palavras, que é nossa. Estou convicto de que será uma grande homenagem, repleta de emoção e simbolismo”.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido