DestaqueDecisão de rescisão do contrato de água e saneamento com as AdP

Decisão de rescisão do contrato de água e saneamento com as AdP

Relacionados

Paços de Ferreira: Atletas Pacenses destacam-se no Campeonato Nacional

Nos passados dias 4 e 7 de abril, o Complexo Olímpico de Piscinas de Coimbra recebeu os Campeonatos Nacionais de Juvenis, Juniores e Absolutos...

Protocolo impulsionador do Enoturismo no Douro e Tâmega é assinado

A Associação de Municípios do Douro e Tâmega e a Associação Empresarial de Amarante (AEA) celebraram esta segunda-feira, 8 de abril, após aprovação em reunião...

Paredes: Tribunal altera pena de homem que matou três ciclistas em 2019

O Tribunal da Relação do Porto alterou para prisão efetiva a pena aplicada ao condutor que matou dois motociclistas e feriu um terceiro, na...

Na reunião do executivo Municipal de Paços de Ferreira, realizada no passado dia 20 de maio estiveram presentes os vereadores PSD de Paços de Ferreira, Alexandre Costa e Miguel Martins que questionaram o Sr. Presidente da Câmara sobre a decisão de rescisão do contrato de água e saneamento com as AdPF, assim como sobre o estado de funcionamento da ETAR de Arreigada.

Informam em nota enviada às redações que entendem que estes são dois temas de extrema importância para o nosso concelho e que as informações que vieram recentemente a público não permitem atingir o verdadeiro esclarecimento da população. O vereador e presidente do Partido Social Democrata, Alexandre Costa, antes da ordem do dia, interveio no sentido de solicitar esclarecimentos junto do executivo PS, com o seguinte conteúdo:

““No seguimento da conferência de imprensa da passada segunda-feira, que agradecemos a amabilidade de termos sido informados previamente, na qual foi apresentada a intenção de resolução do contrato de concessão de água e saneamento com a empresa concessionária ‘Águas de Paços de Ferreira’, e tendo em conta a importância que esta decisão terá para o nosso concelho em vários domínios, e ainda o facto de em breve esta decisão ser alvo de discussão e votação, os vereadores do PSD vêm, na obstante da sua disponibilização dentro dos habituais prazos legais, solicitar ao Sr. Presidente todos os elementos, como texto ou esboço da proposta que pretende apresentar, pareceres jurídicos que fundamentaram a referida decisão, entre outros. Compreenderá a importância da disponibilização destes documentos para uma análise rigorosa, bem como de uma decisão consciente dos vereadores do PSD.”

Gostaríamos ainda de ser informados se se confirma a saída da sentença do Tribunal Arbitral, no processo judicial que decorre entre a concessionária e o Município de Paços de Ferreira e, no caso afirmativo, solicitamos que a mesma seja disponibilizada aos vereadores do PSD.”

Ainda no decorrer da reunião, o vereador PSD, Miguel Martins, interveio para solicitar esclarecimentos no que toca ao estado da ETAR de Arreigada, colocando ainda algumas questões ao executivo PS em funções:

““Após as últimas declarações públicas do presidente da Câmara de Paredes, Alexandre Almeida, e do Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Lordelo, Nuno Serra, que refletem as preocupações que o PSD tem vindo a manifestar ao longo dos últimos anos, quer nas reuniões da Câmara Municipal de Paços de Ferreira e na Assembleia Municipal, O PSD vem questionar o Sr. Presidente da Câmara Municipal sobre:

A ETAR está funcional ou não?

A ETAR vai alguma vez estar funcional?

Foi dito várias vezes que o problema estaria resolvido, o que se passou?

O que tem a dizer sobre as críticas apresentadas pelos já citados Presidente da Câmara de Paredes e Presidente da Junta de Lordelo?”

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -