DestaqueDetido incendiário florestal

Detido incendiário florestal

Relacionados

Paredes: Dois homens com antecedentes detidos por roubo

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal de Penafiel deteve, no passado dia 12 de junho, dois homens de 28...

Santo Tirso: Câmara Municipal alvo de buscas pela PJ

A Polícia Judiciária do Porto realizou, na passada quarta-feira, dia 12 de junho, buscas na Câmara Municipal de Santo Tirso e em três empresas...

AD e PS dividem vitórias nos Concelhos da Região do Tâmega e Sousa

A população europeia, foi, no passado dia 09 de junho, chamada a votar para eleger os assentos no Parlamento Europeu. Na região do Tâmega...

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, com a colaboração do Grupo de Trabalho para a Redução de Ignições em Espaço Rural – Zona Norte e do Comando dos Bombeiros Voluntários de Penafiel, identificou e deteve, fora de flagrante delito, o presumível autor de vinte e quatro incêndios florestais, ocorridos em áreas dos concelhos de Penafiel e Marco de Canaveses.

Os fogos terão sido provocados maioritariamente com recurso a chama direta, em locais relativamente próximos da residência do detido.

O detido está indiciado pela prática daquele número de ignições, em datas diversas, aparentemente sem qualquer razão, tendo abandonado os locais de imediato, colocando em perigo manchas florestais significativas e mesmo aglomerados populacionais.

As ignições consumiram uma área considerável, só não assumindo outras proporções devida à pronta e eficiente intervenção dos Corpos de Bombeiros de Penafiel e do Marco de Canaveses.

O detido, de 36 anos de idade, sem antecedentes criminais, vai ser presente à competente autoridade judiciária para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -