11.9 C
Munique
22.9 C
Porto
DestaqueInfarmed alerta para a venda de medicamentos através de sites ilegais

Infarmed alerta para a venda de medicamentos através de sites ilegais

Relacionados

Operação “Censos Sénior 2022” da GNR

A Guarda Nacional Republicana (GNR), realiza a partir de hoje e durante todo o mês de outubro, em todo o território nacional, a Operação...

Paços de Ferreira com duas candidaturas à Concelhia do Partido Socialista

No dia 8 de outubro, realizam-se as eleições para a concelhia do PS-Partido Socialista de Paços de Ferreira. António Fernández, engenheiro de profissão, foi deputado...

I Torneio de andebol da cidade de Gandra

Nos dias 23, 24 e 25 de setembro, decorreu, no Pavilhão Municipal de Gandra, o I Torneio Cidade de Gandra, em Andebol. A Junta de...

O Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) alertou, hoje, para a existência de dois websites ilegais de venda de medicamentos dirigidos aos portugueses.

A circular informativa do Infarmed aponta que os websites em questão, nomeadamente “remedioseguros.com” e “pt.treated.com” não se encontram domiciliados em Portugal, não se tratando de farmácias ou locais autorizados à venda de medicamentos por autoridades reguladoras da União Europeia.

O Infarmed também alerta para a compra de medicamentos através destes websites ilegais, uma vez que colocam “em grave risco a saúde de quem adquire esses produtos, uma vez que não é possível assegurar a qualidade, eficácia, segurança e autenticidade dos medicamentos adquiridos a entidades não reguladas e não autorizadas”, refere, em nota, o SNS.

“Caso os portugueses pretendam adquirir medicamentos através da internet devem fazê-lo através dos meios autorizados para tal”, refere a circular, acrescentando que “em Portugal apenas as farmácias e os locais de venda de medicamentos não sujeitos a receita médica autorizados pelo Infarmed podem vender medicamentos ao público através da internet”.

O Infarmed alerta ainda que “antes da toma de qualquer medicamento deve aconselhar-se com o seu médico ou farmacêutico”.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido