DestaqueInfarmed alerta para a venda de medicamentos através de sites ilegais

Infarmed alerta para a venda de medicamentos através de sites ilegais

Relacionados

Paços de Ferreira: Três homens detidos por furto qualificado

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Felgueiras deteve, no passado dia 22 de maio, três homens com...

Paços de Ferreira: Monte do Pilar recebe Prova de Trial

No próximo dia 26 de maio, o Monte do Pilar, em Penamaior, vai receber uma prova do Campeonato Nacional de Trial, inserida no calendário...

Santo Tirso: Motociclista morre após despiste na Serra da Agrela

Um homem de 33 anos morreu, no passado domingo, dia 19 de maio, na serra da Agrela, em Santo Tirso, após ter sofrido um...

O Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) alertou, hoje, para a existência de dois websites ilegais de venda de medicamentos dirigidos aos portugueses.

A circular informativa do Infarmed aponta que os websites em questão, nomeadamente “remedioseguros.com” e “pt.treated.com” não se encontram domiciliados em Portugal, não se tratando de farmácias ou locais autorizados à venda de medicamentos por autoridades reguladoras da União Europeia.

O Infarmed também alerta para a compra de medicamentos através destes websites ilegais, uma vez que colocam “em grave risco a saúde de quem adquire esses produtos, uma vez que não é possível assegurar a qualidade, eficácia, segurança e autenticidade dos medicamentos adquiridos a entidades não reguladas e não autorizadas”, refere, em nota, o SNS.

“Caso os portugueses pretendam adquirir medicamentos através da internet devem fazê-lo através dos meios autorizados para tal”, refere a circular, acrescentando que “em Portugal apenas as farmácias e os locais de venda de medicamentos não sujeitos a receita médica autorizados pelo Infarmed podem vender medicamentos ao público através da internet”.

O Infarmed alerta ainda que “antes da toma de qualquer medicamento deve aconselhar-se com o seu médico ou farmacêutico”.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -