0.7 C
Munique
13.5 C
Porto
DestaqueInfarmed alerta para a venda de medicamentos através de sites ilegais

Infarmed alerta para a venda de medicamentos através de sites ilegais

O Infarmed avança que a compra da medicação através de sites ilegais coloca em grave risco a saúde de quem adquire esses produtos

Relacionados

Sindicato dos Trabalhadores acusa GNR de Paredes de recusar levantar auto de ocorrência na “Varandas de Sousa”

Na passada sexta-feira, quatro trabalhadoras foram impedidas de cumprir o horário laboral nas instalações da empresa “Varandas de Sousa”, na freguesia de Madalena, no...

Detidos por tráfico de droga no concelho de Amarante ficaram em prisão preventiva

A GNR deteve, na passada quinta-feira, cinco homens e três mulheres no âmbito de tráfico de droga no concelho de Amarante. Após estes terem sido...

Iniciativa Liberal instala-se no concelho de Valongo

Decorreu, na passada quinta-feira, no auditório da Junta de Freguesia de Ermesinde, o plenário fundador do Núcleo Territorial de Valongo pertencente à Iniciativa Liberal,...

O Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) alertou, hoje, para a existência de dois websites ilegais de venda de medicamentos dirigidos aos portugueses.

A circular informativa do Infarmed aponta que os websites em questão, nomeadamente “remedioseguros.com” e “pt.treated.com” não se encontram domiciliados em Portugal, não se tratando de farmácias ou locais autorizados à venda de medicamentos por autoridades reguladoras da União Europeia.

O Infarmed também alerta para a compra de medicamentos através destes websites ilegais, uma vez que colocam “em grave risco a saúde de quem adquire esses produtos, uma vez que não é possível assegurar a qualidade, eficácia, segurança e autenticidade dos medicamentos adquiridos a entidades não reguladas e não autorizadas”, refere, em nota, o SNS.

“Caso os portugueses pretendam adquirir medicamentos através da internet devem fazê-lo através dos meios autorizados para tal”, refere a circular, acrescentando que “em Portugal apenas as farmácias e os locais de venda de medicamentos não sujeitos a receita médica autorizados pelo Infarmed podem vender medicamentos ao público através da internet”.

O Infarmed alerta ainda que “antes da toma de qualquer medicamento deve aconselhar-se com o seu médico ou farmacêutico”.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido