DestaquePaços de Ferreira - Falta de autocarros escolares provoca atrasos aos alunos...

Paços de Ferreira – Falta de autocarros escolares provoca atrasos aos alunos de Frazão Arreigada

Relacionados

Santo Tirso: Homem que escondia droga num cofre é detido

A PSP deteve, na passada sexta feira, dia 12 de abril, um homem de 25 anos de idade por suspeita de tráfico de droga...

Paços De Ferreira: Ciclovia que liga Paços de Ferreira a Freamunde é inaugurada

A Câmara Municipal de Paços de Ferreira inaugurou, no passado domingo, 14 de abril, a ciclovia que faz a ligação entre as cidades de...

Paços de Ferreira: Atletas Pacenses destacam-se no Campeonato Nacional

Nos passados dias 4 e 7 de abril, o Complexo Olímpico de Piscinas de Coimbra recebeu os Campeonatos Nacionais de Juvenis, Juniores e Absolutos...

Os alunos do pré-escolar e 1º ciclo da freguesia Frazão Arreigada sofreram atrasos na chegada e regresso da escola no primeiro dia de aulas devido a complicações com o transporte escolar.

1.OK_.W.1

O novo ano letivo, para alguns alunos do concelho, começou com atrasos na chegada à escola e no regresso a casa provocados pela falta de autocarros, partilhou hoje ao jornal Emissor um encarregado de educação que prefere ficar no anonimato.

Para o primeiro dia de aulas, foi disponibilizado apenas um autocarro para as crianças que frequentam os dois centros escolares da freguesia. De acordo com a fonte anónima, no ano letivo passado, este serviço de transporte era assegurado por dois autocarros.

Ao ser contactado pelo o Emissor, o presidente da Junta de Freguesia de Frazão Arreigada, Joaquim Sérgio, confirmou os atrasos nos transportes escolares, descrevendo como “impensável” o facto de alguns alunos chegarem a casa às 18:50h, quase duas horas após o final das aulas.

No entanto, o autarca também esclareceu que o atraso “de quatro ou cinco minutos” no início da manhã foi provocado por uma “falha mecânica” no veículo e não pela falta de transporte.

Segundo Joaquim Sérgio, o que ficou estabelecido pela Câmara Municipal de Paços de Ferreira, responsável pela oferta do serviço, foi que “numa fase inicial, cada freguesia dispõe apenas de um autocarro, mas que, posteriormente, vai ser feita uma avaliação a cada situação”.

O autarca acrescentou que foram várias as queixas de encarregados de educação recebidas pela junta de freguesia e que, muitos dos pais, contactaram também a Câmara Municipal, recebendo como resposta que “a situação vai manter-se até ao final da semana, mas que no início da próxima, seria apresentada uma solução para o problema”.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -