DestaqueParedes - Alexandre Almeida poderá ser alvo de queixa crime ambiental

Paredes – Alexandre Almeida poderá ser alvo de queixa crime ambiental

Relacionados

Santo Tirso: Homem que escondia droga num cofre é detido

A PSP deteve, na passada sexta feira, dia 12 de abril, um homem de 25 anos de idade por suspeita de tráfico de droga...

Paços De Ferreira: Ciclovia que liga Paços de Ferreira a Freamunde é inaugurada

A Câmara Municipal de Paços de Ferreira inaugurou, no passado domingo, 14 de abril, a ciclovia que faz a ligação entre as cidades de...

Paços de Ferreira: Atletas Pacenses destacam-se no Campeonato Nacional

Nos passados dias 4 e 7 de abril, o Complexo Olímpico de Piscinas de Coimbra recebeu os Campeonatos Nacionais de Juvenis, Juniores e Absolutos...

– COMUNICADO –

“PSD Paredes acusa Alexandre Almeida de mentiroso crónico e poderá ser alvo de uma queixa crime ambiental.

Em causa o grave problema ambiental no Rio Ferreira.

 “A situação é insuportável para as populações de Lordelo e Rebordosa. Há infelizmente pessoas a sofrer com as consequências da poluição do Rio Ferreira, tanto a nível de saúde como a nível económico. No concelho de Paredes há um responsável por esta situação, devido às suas ações e sobretudo às suas omissões: Alexandre Almeida. Este edil, e está em diversas atas de reunião de câmara, promete desde 2018 a resolução deste flagelo ambiental. Afinal Alexandre Almeida andou a mentir aos paredenses e a permitir que acontecessem graves problemas ambientais durante todos estes anos”. acusa Ricardo Sousa, vereador do PSD no executivo paredense e presidente do PSD Paredes

Na última reunião de câmara o edil, devido à pressão dos vereadores do PSD, acabou por confessar que, afinal, o problema do Rio Ferreira, terá que ser resolvido pelo Governo. Há anos que o PSD, de forma recorrente, seja através dos vereadores, seja do presidente da junta de freguesia de Lordelo e até dos deputados da Assembleia da República, vem alertando para a gravidade da situação e para a ineficácia da solução existente. A ETAR da Arreigada é uma solução manifestamente insuficiente para esta grave situação. Alexandre Almeida optou sempre por ignorar os avisos que lhe foram sendo feitos de vários quadrantes, apresentava sempre uma resposta de algibeira, do género agora é que vai ser. Mas infelizmente, nunca foi!

Alexandre Almeida, recorde-se, após diversas reuniões com o seu congénere de Paços Ferreira, também do PS, disse por diversas vezes que estava em curso uma ligação da ETAR da Arreigada, Paços de Ferreira (que não tem capacidade de tratamento e talvez por isso as descargas para o rio) até à ETAR de Campo, Valongo.

“Nada passou de promessas. Alexandre Almeida enganou os paredenses mormente as populações de Lordelo e de Rebordosa. Tem que ser punido por esta falsa promessa que colocou em causa, repito, a saúde e o bem-estar das populações”, refuta Ricardo Sousa que pondera apresentar uma queixa crime contra o edil de Paredes pelo crime ambiental que está a cometer.

O Rio Ferreira, outrora um espaço de lazer, agora é um esgoto a céu aberto e sem vida.

“A população de Lordelo e de Rebordosa, Paredes, está indignada com o que diz ser um crime ambiental no rio Ferreira. Os moradores queixam-se de um cheiro intenso e sujidade permanentes e alguns já chegaram mesmo a mudar de casa”, observa o vereador Ricardo Sousa.

As análises comprovam que a água do Rio Ferreira está contaminada com salmonelas e bactérias.”

FNF-e1664804459295

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -