DestaqueParedes – Almoços nas escolas do concelho examinados

Paredes – Almoços nas escolas do concelho examinados

Relacionados

Cinfães: Homem detido por violência doméstica e posse de arma proibida

Um homem de 59 anos foi detido por posse de diversas armas e munições encontradas durante as diligencias de um processo de violência doméstica,...

Barcelos: Homem é detido depois de agredir policias

Um homem de 37 anos foi, na passada na quarta-feira, dia 17 de abril, detido pelo crime de agressão e injúria contra agentes da...

Santo Tirso: Homem que escondia droga num cofre é detido

A PSP deteve, na passada sexta feira, dia 12 de abril, um homem de 25 anos de idade por suspeita de tráfico de droga...

Os vereadores eleitos pelo PSD na Câmara Municipal de Paredes pretendem aferir presencialmente como estão a decorrer os almoços nas escolas do concelho.

Em nota enviada as reações, o PSD Paredes informa que os vereadores sociais-democratas vão solicitar na reunião de câmara de amanhã (sexta-feira, dia 28 de outubro), autorização para acederam no período do almoço, sem pré-aviso, às cantinas das escolas do concelho, de modo a verificar a qualidade e quantidade de alimentos servidos aos alunos.

Este pedido surge na sequência dos graves problemas que se têm verificado nos últimos tempos com a alimentação disponibilizada nas cantinas escolares à comunidade estudantil e para verificar se a situação se encontra efetivamente sanada. Ricardo Sousa, vereador do PSD e presidente da concelhia deste partido, recorda que em reunião de câmara do passado dia 10 (ainda antes da situação ter tomado esta dimensão) questionou o executivo municipal acerca dos problemas que lhe vinham sendo comunicados por vários alunos e encarregados de educação do concelho, tendo-lhe sido respondido de que se trataria de um caso pontual, de um aluno que fez uma “birra” porque não queria comer. “A verdade é que infelizmente se trata de uma situação recorrente, conforme foi amplamente noticiado pelos média, tanto ao nível local como nacional”, diz este dirigente do PSD de Paredes que sublinhou ainda que “importa verificar no presente se a situação se encontra resolvida e no futuro fazer o acompanhamento necessário para que esta situação não se repita”, acrescentando que espera de Alexandre Almeida uma “resposta positiva, pois quem não deve, não teme”.

Equivalencia-ao-12o-ano

 

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -