DestaquePenafiel - Implementa projeto inovador de rastreio de saúde oral sénior

Penafiel – Implementa projeto inovador de rastreio de saúde oral sénior

Relacionados

Santo Tirso: Homem morre na A3 num acidente enquanto fugia em contramão

Um homem, de 33 anos, suspeito de um roubo em Braga, morreu na madrugada da passada segunda-feira, na sequência de um acidente, em Santo...

Felgueiras: Jovem morre após despiste de mota

Um jovem de 24 anos morreu na sequência de um acidente de viação, na passada quarta-feira, dia 21 de fevereiro, na Lixa, concelho de...

Valongo: Homem morre após despiste contra paragem de autocarro

Um homem, de 48 anos, morreu, na noite do passado domingo, 18 de fevereiro, num acidente de viação na freguesia de Sobrado, em Valongo. O...

Em 6 meses, cerca de 1000 utentes das IPSS’s do Concelho vão usufruir de um rastreio oral gratuito e, consequentemente, de tratamentos dentários. Será utilizada a tecnologia “Blue Stain” que permite recolha e análise imediata de células do corpo humano de forma rápida, não invasiva e indolor.

Até Maio o Município de Penafiel, em parceria com os serviços e estudantes da CESPU, vai realizar cerca de 1.000 rastreios de saúde oral aos utentes, das IPSS’s do Concelho. Os cidadãos, com idade igual ou superior a 65 anos, constituem o principal grupo de risco do cancro oral, que será também a base destes rastreios, de cujo objetivo é identificar as necessidades de tratamento dentário dos utentes, para, numa segunda fase, se iniciarem os respetivos tratamentos.

rastreio-de-saude-oral_ipsss_penafiel-1-scaled-e1679311193166
Direitos Reservados

Ao nível do diagnóstico será utilizado o projeto “Blue Stain” – um modelo inovador, que consiste num “kit” de diagnóstico de cancro (oral, em particular), que possibilita a recolha e análise imediata de células do corpo humano de forma rápida, não invasiva e indolor.

Os responsáveis pelo projeto, Fernando Ferreira e Paula Melo, são docentes e investigadores na CESPU e apresentam assim uma solução inovadora para diagnosticar precocemente as patologias da cavidade oral, algo que não existia até ao momento. A sua importância aumenta por o exame e o próprio resultado se efetuarem no tempo de uma consulta, a chamada “solução ‘point of care‘”. O “Blue Stain” não tem qualquer implicação logística, o que representa uma redução dos custos para hospitais e clínicas médicas.

Para a Vereadora com o pelouro Saúde e da Inclusão Social, Daniela Oliveira, “A Câmara Municipal, atenta a assegurar os cuidados de saúde oral dos seus idosos, pretende dar continuidade aos rastreios com um caráter mais inovador. Neste âmbito, estamos a realizar o rastreio de cancro oral sénior nas várias respostas sociais (ERPI, Centros de Dia e de Convívio) do concelho, indo ao encontro dos mesmos nas instalações das respetivas Instituições. Para o efeito,  mobilizamos uma equipa multidisciplinar de profissionais de saúde, dotados de equipamento e material dentário. Para implementar este projeto no terreno, contamos com a preciosa colaboração dos serviços da CESPU Diagnóstico, os grandes mentores desta solução inovadora e que tão importante vai ser para a saúde oral dos nossos idosos.”

rastreio-de-saude-oral_ipsss_penafiel-2-scaled-e1679311236829
Direitos Reservados

De recordar que, o projeto “Blue Stain”, desenvolvido pela Startup TargeTalent, foi o grande vencedor do 1º Prémio do concurso de empreendedorismo Acredita Portugal 2015, na categoria de Alta Tecnologia. A TargeTalent foi criada pelos docentes da CESPU e dedica-se ao desenvolvimento de testes de diagnóstico que utilizam as células como meio biológico. Trata-se de uma tecnologia diferenciada de interface bio-digital, que permite o diagnóstico rápido de patologias. Tem o objetivo de fornecer processos de diagnóstico simplificado, que possam chegar a toda a gente com elevados padrões de qualidade.

Recorde-se que o Dia Mundial da Saúde Oral assinala-se a 20 de Março e pretende sensibilizar a população acerca da importância da saúde oral. Segundo dados do último Eurobarómetro em Saúde Oral, de 2022, cerca de 31,5% dos portugueses nunca visita o médico dentista ou apenas o faz em caso de urgência, sendo algumas das razões invocadas a falta de informação sobre a necessidade de o fazer e as dificuldades financeiras (https://www.omd.pt/content/uploads/2022/11/VII-Barometro-Nacional-de-Saude-Oral_2022.pdf). Para uma boa saúde oral, é fundamental não descuidar alguns hábitos, como a escovagem dentária pelo menos duas vezes ao dia, o uso de fita dentária pelo menos uma vez ao dia e cuidados alimentares (evitar alimentos açucarados e excesso de gorduras).

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -