DestaqueValongo: Município e Lipor implementam projeto-piloto na pavimentação de ruas

Valongo: Município e Lipor implementam projeto-piloto na pavimentação de ruas

Relacionados

Cinfães: Homem detido por violência doméstica e posse de arma proibida

Um homem de 59 anos foi detido por posse de diversas armas e munições encontradas durante as diligencias de um processo de violência doméstica,...

Barcelos: Homem é detido depois de agredir policias

Um homem de 37 anos foi, na passada na quarta-feira, dia 17 de abril, detido pelo crime de agressão e injúria contra agentes da...

Santo Tirso: Homem que escondia droga num cofre é detido

A PSP deteve, na passada sexta feira, dia 12 de abril, um homem de 25 anos de idade por suspeita de tráfico de droga...

O Presidente da Câmara Municipal de Valongo, José Manuel Ribeiro, e o Administrador-Delegado da Lipor, Fernando Leite, acompanharam a aplicação de um material experimental AAGE (Agregado Artificial de Granulometria Extensa) na Rua Álvares Cabral, em Valongo.

Este material, resultante de escórias de incineração de Resíduos Urbanos na Central de Valorização Energética da Lipor, foi utilizado como camada de base do pavimento rodoviário, num troço com cerca de 60 metros de extensão e 9 metros de largura. Este é um projeto-piloto que visa aproveitar materiais que poderiam ser considerados desperdícios, na tentativa de encontrar soluções construtivas mais sustentáveis.

Num comunicado o município explicou que “o material em questão apresenta uma granulometria semelhante à do tout-venant, material habitualmente utilizado para realização desta camada de pavimento. O espalhamento e compactação do material fornecido pela Lipor foi efetuado pelo adjudicatário da empreitada municipal para construção do sublanço 2 da Variante à EN-15.”.

O Presidente da Câmara de Valongo, que é também o Presidente do Conselho de Administração da Lipor – Associação de Municípios para a Gestão Sustentável de Resíduos do Grande Porto salientou que, “Temos muita esperança nesta solução inovadora e aceitamos com prontidão e entusiasmo este desafio proposto pela Lipor. Pretendemos com este projeto-piloto encontrar soluções construtivas mais sustentáveis na construção de arruamentos através do reaproveitamento dos resíduos urbanos e, simultaneamente, reduzir a necessidade de utilização de recursos naturais”.

A autarquia conclui o comunicado dizendo que “esta prática está também em linha com as propostas contidas no Plano de Ação Local desenvolvido pelo Município de Valongo na rede circular para a construção sustentável – R2CS, da Iniciativa Nacional das Cidades Circulares – InC2.”.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -