EmpresasStartup vencedora da Web Summit foi criada por um jovem penafidelense

Startup vencedora da Web Summit foi criada por um jovem penafidelense

Relacionados

Paços de Ferreira: Três homens detidos por furto qualificado

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Felgueiras deteve, no passado dia 22 de maio, três homens com...

Paços de Ferreira: Monte do Pilar recebe Prova de Trial

No próximo dia 26 de maio, o Monte do Pilar, em Penamaior, vai receber uma prova do Campeonato Nacional de Trial, inserida no calendário...

Santo Tirso: Motociclista morre após despiste na Serra da Agrela

Um homem de 33 anos morreu, no passado domingo, dia 19 de maio, na serra da Agrela, em Santo Tirso, após ter sofrido um...

No decorrer da Web Summit, realizada em Lisboa, foi atribuído o prémio de melhor startup a um penafidelense, António Rocha, desenvolvedor da “Smartex”, uma startup com o objetivo de acabar com o desperdício na industrial têxtil através de um sistema de câmaras, luzes e algoritmos que vigiam o processo de fabrico à procura de defeitos.

De acordo com o jornal Público, a “Smartex” é a primeira empresa portuguesa a ganhar o concurso anual da Web Summit desde que esta se mudou para Lisboa no ano de 2016. O projeto, com sede na Califórnia, utiliza a visão computacional e a inteligência artificial para monitorizar o processo de fabricação dos têxteis.

O desenvolvedor da tecnologia, António Rocha, diz pretender “resolver um dos grandes problemas da industrial têxtil”, referindo-se à produção de lixo como representante de “10% da produção da industrial têxtil, que é a segunda indústria mais poluente em todo o mundo”.

Através das pequenas câmaras e sensores da Smartex, quando instalados dentro de máquinas nas fábricas, estas travam o sistema quando é detetado um defeito e, apesar do foco atual ser a industrial têxtil, António Rocha esclarece que o objetivo é expandir o sistema para detetar falhas no fabrico de plásticos e papel.

Nesta edição, a startup competia contra outras 75 startups, tendo a Smartex sido a escolha do júri e a Okra a escolha do público, com 46% dos votos da audiência (a Smartex contou 43%).

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -