NacionalDescontos adicionais nas ex-scuts não aplicáveis aos ligeiros

Descontos adicionais nas ex-scuts não aplicáveis aos ligeiros

Relacionados

Paços de Ferreira: Três homens detidos por furto qualificado

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Felgueiras deteve, no passado dia 22 de maio, três homens com...

Paços de Ferreira: Monte do Pilar recebe Prova de Trial

No próximo dia 26 de maio, o Monte do Pilar, em Penamaior, vai receber uma prova do Campeonato Nacional de Trial, inserida no calendário...

Santo Tirso: Motociclista morre após despiste na Serra da Agrela

Um homem de 33 anos morreu, no passado domingo, dia 19 de maio, na serra da Agrela, em Santo Tirso, após ter sofrido um...

O Governo alterou, na passada quinta-feira, as tabelas de referência das taxas de portagem, com exceção dos troços da A4 do Túnel do Marão e Vila Real-Bragança (Quintanilha), da A13 e da A 13-1.

De acordo com JN, nas restantes vias, “o desconto de 50% incide sobre as taxas de portagem aplicadas até 10 de janeiro desse ano e não sobre os montantes definidos no regime de desconto de 25% que vigorou até ao final do mês passado”. Só quem aderir à Via Verde pagará menos. Já os veículos de transporte coletivo de passageiros e de mercadorias terão de pedir um certificado junto do Instituto da Mobilidade e dos Transportes.

Um exemplo dado pelo JN é de que, na A4 – Túnel do Marão e Vila Real – Bragança, se tiver um carro classe 1, “do primeiro ao sétimo dia de viagem de cada mês, conta sempre com um desconto de 15% nas portagens. A partir do oitavo dia, a redução de preço é de 25% e incide sobre a taxa aplicada com desconto”.

Esta medida, aprovada pelo Orçamento de Estado deste ano, terá um encargo entre 117 e 149 milhões de euros, de acordo com o parecer da Unidade Técnica de Apoio Orçamental da Assembleia da República. O Governo estimou, ainda, um impacto de 160 milhões de euros anuais.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -