0.7 C
Munique
13.5 C
Porto
RegionalParedesAssociação “Os Pecaninos” e Bombeiros Voluntários de Lordelo resgatam animal perdido no...

Associação “Os Pecaninos” e Bombeiros Voluntários de Lordelo resgatam animal perdido no Rio Ferreira

O animal estava há três dias nas bermas do rio, tendo sido sinalizado por um vizinho à associação “Os Pecaninos” que se dirigiram ao local, bem como os Bombeiros Voluntários de Lordelo que auxiliaram no resgate do canídeo.

Relacionados

Sindicato dos Trabalhadores acusa GNR de Paredes de recusar levantar auto de ocorrência na “Varandas de Sousa”

Na passada sexta-feira, quatro trabalhadoras foram impedidas de cumprir o horário laboral nas instalações da empresa “Varandas de Sousa”, na freguesia de Madalena, no...

Detidos por tráfico de droga no concelho de Amarante ficaram em prisão preventiva

A GNR deteve, na passada quinta-feira, cinco homens e três mulheres no âmbito de tráfico de droga no concelho de Amarante. Após estes terem sido...

Iniciativa Liberal instala-se no concelho de Valongo

Decorreu, na passada quinta-feira, no auditório da Junta de Freguesia de Ermesinde, o plenário fundador do Núcleo Territorial de Valongo pertencente à Iniciativa Liberal,...

Cláudia Cunha, representante da Associação Protetora dos Animais do Concelho de Paços de Ferreira “Os Pecaninos” resgatou, com o auxílio dos Bombeiros Voluntários de Lordelo, Paredes, um cão que se encontrava perdido e sozinho nas margens do Rio Ferreira.

Em declarações ao EMISSOR, Cláudia conta ter sido “sinalizado por uma vizinha que estava um animal no rio ferreira já há três dias a chorar dia e noite”, foi aí que a Associação “Os Pecaninos” se dirigiu ao Rio Ferreira nesse mesmo dia à noite, não tendo conseguido fazer nada.

No entanto, no dia seguinte de manhã, Cláudia conta que viu o animal no rio, referindo ter ligado a várias entidades, entre elas, os Bombeiros Voluntários de Lordelo, que se dirigiram ao local quando Cláudia referiu precisar de ajuda para o resgate.

Neste sentido, após obter a ajuda dos bombeiros, bem como do material, foi capaz de ir ter com o canídeo, referindo que o mesmo “nadou para a berma do rio” ajudou no resgate.

A voluntária agradece a presença dos Bombeiros Voluntários de Lordelo. Por outro lado, em declarações ao EMISSOR, José Freitas, comandante dos bombeiros, explica ter existido “um trabalho conjunto”, referindo ter sido “uma coisa natural, foi bonito, gostei de ver que a senhora se prontificou e disse aos bombeiros que tinha mais experiência para lidar com o cão e foi ela mesma lá buscá-lo”.

Direitos Reservados

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Lordelo acrescenta que a ação decorreu com o auxilio dos bombeiros que estiveram no local, “foi com os nossos meios que estiveram lá, mas isso é perfeitamente normal”, evidenciando ter existido “um empenho e dedicação por parte da Associação (Os Pecaninos)”, conclui.

Direitos Reservados

 

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido