10.3 C
Munique
20.7 C
Porto
RegionalCelorico de BastoCelorico de Basto atribuiu apoios aos Bombeiros e Socorristas da Cruz Vermelha

Celorico de Basto atribuiu apoios aos Bombeiros e Socorristas da Cruz Vermelha

O conjunto de medidas foi apresentado na passada terça-feira

Relacionados

Inspeção das motas será obrigatória a partir de 1 de janeiro de 2022

O Secretária de Estado das Infraestruturas, Jorge Delgado, avançou ao Jornal de Negócios, esta segunda-feira, que “a partir de 1 de janeiro de 2022,...

Detido em Penafiel por agressão física e psicológica à esposa

A GNR do Penafiel deteve, na passada quinta-feira, um homem de 54 anos por violência doméstica no concelho de Penafiel. No decorrer de uma investigação...

Presidente da Iniciativa Liberal visitou ETAR de Paços de Ferreira após denúncias de habitantes

Hoje, a Iniciativa Liberal reuniu o candidato à Assembleia da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, João Carneiro, e o Presidente da Iniciativa Liberal,...

O Município de Celorico de Basto aprovou, na passada terça-feira, um regulamento com um conjunto de medidas de apoio aos Bombeiros Voluntários e Socorristas da Cruz Vermelha.

A medida visa premiar e incentivar o voluntariado, reconhecendo a importância do trabalho da Cruz Vermelha na Comunidade. Assim, o Município aprovou o regulamento para a concessão de apoios sociais aos Bombeiros Voluntários e Socorristas da Cruz Vermelha.

A medida em questão, encontra-se integrada no programa APOIAR+ que, de acordo com o Município de Baião, pretende “formular e concretizar uma política social municipal, que simultaneamente reconheça o mérito e valorize a ação dos voluntários e o seu papel na comunidade incentivando a sua prática”, explica.

Para que este objetivo seja cumprido, definiu-se um conjunto de regalias e benefícios fiscais para todos os Bombeiros e Socorristas.

Entre as medidas aprovadas, evidenciou-se um complemento ao seguro de acidentes pessoais que cobrirá o “risco de morte e invalidez permanente superior a 40% até ao montante de cem mil euros por ocorrência”, avança o Município. Por outro lado, a medida atribuirá “um conjunto de reduções e isenções fiscais, nomeadamente com o reembolso de 50% da taxa de IMI e IUC, bem como do IRS que cabe ao Município”.

Está ainda contemplado um apoio ao arrendamento urbano, a isenção da totalidade do valor das taxas municipais para construção ou realização de obras e a isenção do pagamento da tarifa de recolha do lixo.

Para os voluntários foi atribuído “o acesso gratuito às piscinas municipais, redução de 50% no acesso a iniciativas de caráter desportivo e culturais promovidas pelo Município, o acesso à realização e estágios curriculares em contexto prático de trabalho no Município e será atribuída uma bolsa de estudo, no valor de 75€/mês aos filhos de bombeiros falecidos em serviço ou com doença contraída no exercício de funções”, avança, ainda, o município de Celorico de Basto.

Para Joaquim Mota e Silva, presidente da autarquia, esta é “uma importante medida de incentivo e reconhecimento que o Município faz a todos os que, de forma abnegada, dão o seu contributo à comunidade, muitas das vezes com enorme sacrifício pessoal e familiar. O voluntariado tem tradição e uma enorme importância na nossa sociedade, a atribuição deste vasto conjunto de apoios e regalias é um ato de justiça para com estes voluntários e um reconhecimento de valor que incentiva a prática do voluntariado”, conclui.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido